Risco iminente de falta de água em Maricá, Niterói, SG e Itaboraí

Niterói, SG, Maricá e Itaboraí podem ficar sem água a qualquer hora | Enfoco

Abastecimento de água comprometido devido à paralisação no Sistema Imunana-Laranjal

O fornecimento de água na cidade de Niterói está comprometido nesta quarta-feira (3) devido à paralisação do Sistema Imunana-Laranjal, que é operado pela Cedae. A concessionária Águas de Niterói informou que uma equipe está no local, em São Gonçalo, acompanhando os esforços para restabelecer o sistema, previsto para o final do dia.

A paralisação também pode afetar o abastecimento nas cidades de São Gonçalo, e Itaboraí.

Qualidade da água bruta compromete operação do Sistema Imunana-Laranjal

O motivo da interrupção da operação do Sistema Imunana-Laranjal foi a alteração da qualidade da água bruta, que ainda não passou pelo processo de tratamento, no manancial de captação. Técnicos da Cedae estão monitorando de perto a situação e aguardam a normalização das condições para que as atividades sejam retomadas e a água distribuída à população esteja adequada para consumo humano.

A concessionária Cedae afirmou que acionou o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e uma equipe de emergência foi enviada ao local para identificar a origem do poluente encontrado, conhecido como tolueno. No entanto, tanto a Cedae quanto o Inea tranquilizam a população, assegurando que não existe risco de a substância chegar às residências, uma vez que a captação só será retomada após a completa adequação da água para consumo.

A Cedae destacou que está monitorando a qualidade da água em tempo real, porém, ainda não há previsão para que o sistema volte ao normal. Por isso, a orientação é que a população faça um uso consciente da água, adiando tarefas não essenciais que demandem um grande consumo.

Impacto nas cidades de Niterói, São Gonçalo, e Itaboraí

A paralisação do Sistema Imunana-Laranjal está impactando diretamente o abastecimento de água em Niterói. No entanto, as cidades vizinhas, como São Gonçalo, Maricá e Itaboraí, também podem enfrentar problemas no fornecimento.

Essa situação gera preocupação, principalmente em períodos de estiagem ou quando há um aumento na demanda de consumo. É fundamental que a população das regiões afetadas adote medidas para economizar água e evitar desperdícios.

Conscientização e uso responsável da água

A falta de água é uma questão que afeta diretamente a vida das pessoas. Portanto, é necessário conscientizar a população sobre a importância do uso responsável desse recurso natural.

Atitudes simples podem fazer a diferença, como fechar a torneira ao escovar os dentes, utilizar a água da chuva para limpar calçadas e regar plantas, consertar vazamentos e adiar tarefas que exijam um grande consumo de água.

A participação de cada cidadão é imprescindível para preservar os recursos hídricos e garantir o abastecimento de água para as gerações futuras.

Conclusão

O abastecimento de água na cidade de Niterói está comprometido devido à paralisação do Sistema Imunana-Laranjal. A Cedae está acompanhando a situação de perto e trabalhando para restabelecer o sistema o mais rápido possível, garantindo a qualidade da água distribuída à população.

É importante que a população das regiões afetadas esteja ciente da situação e adote medidas para economizar água, evitando desperdícios e fazendo um uso consciente desse recurso tão essencial para a vida.

Lembre-se: cada gota de água é valiosa, e preservar os recursos hídricos é responsabilidade de todos.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]