Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Bombeiros de Cabo Frio são alvo de busca e apreensão do GAECO/MPRJ

Bombeiros de Cabo Frio são alvos de busca e apreensão do GAECO/MPRJ

Bombeiros de são alvos de operação do Ministério Público do RJ

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) está realizando uma operação nesta quarta-feira (07/02) para cumprir mandados de busca e apreensão no 18º Grupamento de Bombeiro Militar de e em endereços de bombeiros e empresas da região. A ação está sendo realizada pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate ao Crime Organizado (GAECO/MPRJ), com o apoio da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ) e da Corregedoria Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Rio de Janeiro (CG/CBMERJ).

A operação tem como objetivo investigar supostas práticas de corrupção envolvendo bombeiros militares do 18º GBM de Cabo Frio. Segundo as informações apuradas pelo GAECO/MPRJ, o grupo estaria envolvido na emissão irregular de licenças relacionadas às normas de prevenção contra incêndio e pânico. A investigação aponta que, em alguns casos, o Corpo de Bombeiros emitia a licença mesmo sem o cumprimento de todas as normas de segurança previstas na legislação.

De acordo com as apurações, existem indícios da existência de três grupos dentro do suposto esquema criminoso. O primeiro grupo é composto por empresários interessados em regularizar seus estabelecimentos junto ao Corpo de Bombeiros. O segundo grupo é formado por empresas que atuariam como despachantes nos processos de regularização de edificações, facilitando a obtenção de licenças irregulares. O terceiro grupo é composto por militares do 18º GBM de Cabo Frio, que receberiam valores em troca de emitir licenças sem o cumprimento das normas de segurança.

A investigação também aponta o nome de uma das pessoas investigadas, que também estaria envolvida no esquema criminoso, como a responsável pelos processos de regularização junto ao Corpo de Bombeiros na área de Cabo Frio.

A operação está sendo realizada em diferentes endereços da cidade de Cabo Frio, e os mandados foram expedidos pela Auditoria da Justiça Militar. O objetivo é reunir provas e material que possam ajudar nas investigações do GAECO/MPRJ.

Esse tipo de investigação é fundamental para combater a corrupção e garantir que as normas de segurança sejam cumpridas corretamente. A permissão indevida para o funcionamento de estabelecimentos sem a devida avaliação das condições de segurança pode colocar em risco a vida das pessoas e aumentar o risco de incêndios e acidentes.

O Ministério Público do Rio de Janeiro está empenhado em investigar e punir qualquer tipo de corrupção e má conduta por parte dos bombeiros militares. A sociedade espera que a operação do GAECO/MPRJ traga resultados efetivos e contribua para aprimorar a segurança e a transparência na emissão de licenças.

A população de Cabo Frio também tem o papel importante de denunciar casos de corrupção e irregularidades. É fundamental que todos estejam engajados na luta contra a corrupção, para garantir uma sociedade mais justa e segura.

4.2/5 - (6 votes)
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]