Flagrada pela Enel, loja em Niterói realiza ligação elétrica irregular

Prédio comercial de Niterói é flagrado pela Enel fazendo 'gato' | Enfoco

Irregularidades em consumo de energia são encontradas em Niterói, Itaboraí e Maricá

A distribuidora de energia Enel identificou irregularidades no consumo de energia elétrica em um prédio comercial de Niterói, um supermercado e uma loja de internet em Itaboraí e um depósito de bebidas em . Durante operações de combate ao furto de energia, realizadas nesta semana, técnicos da Enel constataram que os imóveis estavam realizando ligações diretas na rede elétrica, sem passar pelo aparelho de medição de consumo.

A Enel informou que as inspeções foram realizadas na terça-feira (12) e quarta-feira (13) com o auxílio da Polícia Civil, resultando na prisão em flagrante dos responsáveis pela sobreloja do prédio comercial e pelo depósito de bebidas. Representantes do supermercado e da loja de internet foram conduzidos à delegacia para prestar depoimento.

O furto de energia elétrica, além de ser crime, prejudica diretamente a qualidade do serviço prestado pela distribuidora e oferece riscos para a população. As ligações irregulares podem causar curtos-circuitos e sobrecargas na rede elétrica, resultando em interrupção no fornecimento de energia.

Irregularidades em prédio comercial de Niterói

No prédio comercial localizado em Niterói, os técnicos da Enel encontraram uma ligação direta na rede elétrica, contornando o medidor de consumo. A empresa destacou que esse tipo de prática é ilegal e pode acarretar em penalidades para o responsável.

Supermercado e loja de internet em Itaboraí

Em um supermercado e em uma loja de internet de Itaboraí, a Enel identificou também ligações diretas na rede elétrica, sem a devida passagem pelo aparelho de medição de consumo. As duas empresas estão sujeitas a sanções e podem ser responsabilizadas criminalmente.

Imagem de supermercado em Itaboraí

Depósito de bebidas em

No depósito de bebidas localizado em Maricá, a fiscalização da Enel constatou que a unidade estava realizando ligações diretas na rede elétrica, sem o registro correto do consumo. Esse tipo de ação coloca em risco as pessoas que manipulam a rede elétrica e pode ocasionar acidentes.

Imagem de depósito de bebidas em Maricá

A Enel esclarece que o combate ao furto de energia é fundamental para garantir a segurança da população e a qualidade do serviço prestado. Além disso, a empresa informa que continuará realizando inspeções e adotando as medidas necessárias para coibir práticas ilegais relacionadas ao consumo de energia elétrica.

É importante ressaltar que o furto de energia elétrica prejudica a coletividade, uma vez que essa prática ilegal compromete os investimentos feitos pela distribuidora no sistema elétrico, afetando a confiabilidade e a qualidade do fornecimento de energia para todos os consumidores.

A população também pode contribuir denunciando casos de furto de energia elétrica, de forma anônima, pelo site da distribuidora ou pelo telefone de atendimento ao cliente. As denúncias são fundamentais para o combate a essa prática ilegal.

Consequências do furto de energia elétrica:

– Prejuízos para a distribuidora e para a coletividade;

– Interrupções no fornecimento de energia;

– Risco de curtos-circuitos e incêndios;

– Prejuízos para a qualidade do serviço prestado;

– Penalidades e medidas legais para os responsáveis;

– Comprometimento dos investimentos no sistema elétrico;

– Impactos ambientais e sociais.

O furto de energia elétrica é um problema que afeta toda a sociedade, e a conscientização sobre os riscos e as consequências dessa prática ilegal é fundamental.

Imagem de fiscais realizando inspeção

Imagens: Divulgação/Enel

Fonte da Notícia: Plantão Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]