Casal preso por criar vaquinha falsa para ajudar criança com câncer em Rio das Ostras

Casal estava escondido em pousada em Rio das Ostras

**Casal é preso por criar vaquinha falsa para ajudar criança com câncer no **

No último sábado (2), um casal foi preso no Rio de Janeiro acusado de criar uma vaquinha falsa com a intenção de arrecadar dinheiro para ajudar uma criança com câncer. Luiz Antônio dos Santos e Tainara da Silva foram encontrados escondidos em uma pousada em , na região dos lagos, segundo informações da polícia.

A prisão preventiva (sem prazo) do casal foi decretada pela Justiça após terem conseguido obter cerca de R$ 40 mil com o golpe. A denúncia foi feita por um familiar, que desconfiou do padrão de vida repentinamente adotado pelo casal nas redes sociais.

A investigação revelou que os acusados usaram a foto de uma criança que realmente foi diagnosticada com câncer, mas que não tinha nenhum vínculo com eles. Além disso, eles também postaram um laudo médico falsificado, com o intuito de sensibilizar os doadores.

Essa não foi a primeira vez que Luiz Antônio e Tainara aplicaram esse tipo de golpe. De acordo com o Ministério Público do Rio de Janeiro, a Justiça já havia aceitado a denúncia contra o casal pelos crimes de falsificação e uso de documento falso.

Atuação do casal

A armação idealizada por Luiz Antônio e Tainara consistia em criar uma vaquinha online, alegando que todo o valor arrecadado seria destinado para o tratamento de uma criança com câncer. Eles divulgavam fotos da suposta vítima, além de um laudo médico falsificado para comprovar a veracidade da doença.

Com a comoção gerada pela história, várias pessoas foram solidárias e fizeram suas doações. No entanto, o que não sabiam era que toda a história era uma fraude, não havendo nenhum envolvimento real da criança com o casal.

A denúncia que levou à prisão do casal foi feita por uma familiar, que começou a desconfiar do estilo de vida luxuoso que eles começaram a ostentar nas redes sociais, mesmo não possuindo emprego formal. A partir disso, a polícia iniciou as investigações, que resultaram na prisão dos fraudadores.

Gravidade dos crimes

O caso do casal que criou uma vaquinha falsa para angariar fundos para uma criança com câncer demonstra a gravidade dos crimes de falsificação e uso de documento falso. Além de ludibriarem a boa fé das pessoas que fizeram doações, causando prejuízos financeiros, eles também usaram a imagem de uma criança doente, explorando emocionalmente os doadores.

Esse tipo de delito não deve ser tratado como uma simples infração, pois traz consequências graves tanto para as vítimas diretas, como a própria família da criança, quanto para a sociedade em geral. Além disso, a criação de vaquinhas falsas prejudica a credibilidade e a confiança que as pessoas depositam nas plataformas online de arrecadação de fundos.

Combate a golpes online

No Brasil, casos de golpes online têm se tornado cada vez mais comuns. Por isso, é fundamental que tanto as autoridades quanto os usuários estejam atentos para evitar cair em armadilhas e serem vítimas desse tipo de fraude.

As plataformas de arrecadação de fundos também devem investir em medidas de segurança e verificação dos projetos que são criados em suas páginas. É importante que sejam adotadas políticas rigorosas de verificação de identidade, comprovação de informações e checagem de documentos para evitar que golpistas se utilizem dessas plataformas para obter benefícios fraudulentos.

Além disso, a conscientização e a disseminação de informações sobre os diferentes tipos de golpes são essenciais para que a população esteja atualizada e possa identificar possíveis tentativas de fraude.

Conclusão

O caso do casal que criou uma vaquinha falsa para ajudar criança com câncer evidencia a falta de escrúpulos dessas pessoas, que se aproveitam da solidariedade alheia para obter benefícios ilícitos. É fundamental que a Justiça atue de forma rigorosa para punir os responsáveis por esse tipo de crime, a fim de coibir essa prática e garantir a segurança das pessoas que desejam ajudar o próximo de maneira genuína.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]