Menu

> Cidades

","library":"fa-solid"}}" data-widget_type="nav-menu.default">
[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Zuckerberg começa criação de vaca com a carne mais valorizada do mundo e afirma que rebanho se alimentará de cerveja e nozes macadâmia.

Zuckerberg inicia criação de boi com a carne mais cara do mundo e diz que rebanho vai beber cerveja e comer macadâmia

Zuckerberg investe na criação de boi que tem a carne mais cara do mundo

O fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, anunciou nas suas redes sociais, na terça-feira (9), que está ingressando no ramo pecuarista de forma inusitada. O bilionário está investindo na criação do boi que possui a carne mais cara do mundo, o wagyu, além da raça angus.

Segundo Zuckerberg, os animais serão criados em sua propriedade, chamada de Ko’olau, que fica em Kauai, no Havaí. Ele planeja cultivar a alimentação dos animais no local, com a ajuda das filhas, de forma totalmente integrada e sustentável. A dieta dos boi wagyu será composta por cerveja e macadâmia, alimentos que serão cultivados na própria fazenda.

De acordo com o fundador do Facebook, sua meta é produzir a carne bovina de maior qualidade do mundo. A carne wagyu, originária do Japão, é reconhecida pela sua alta maciez e pelo marmoreio, que é a gordura intramuscular entremeada na carne, proporcionando um visual de mármore.

O preço do wagyu no Japão chega a US$ 1.000 por quilo, sendo que no Brasil o valor médio é de R$ 600, podendo ultrapassar R$ 1.000. A raça angus, por sua vez, também é valorizada pela qualidade da carne, sendo bastante apreciada por consumidores exigentes.

Investimento na produção local

Mark Zuckerberg ressaltou a importância de cultivar toda a alimentação dos animais na própria fazenda, visando a produção verticalmente integrada. Ele mencionou que cada vaca consome entre 5.000 e 10.000 libras de comida por ano, o que demanda muitos hectares de macadâmia.

Além disso, o empresário postou uma foto de sua filha plantando mudas de macadâmia e afirmou que as crianças também ajudarão a cuidar dos animais da propriedade. Ele destacou que esse projeto é um dos mais deliciosos em que já se envolveu.

Mark Zuckerberg inicia criação de boi com a carne mais cara do mundo
Mark Zuckerberg inicia criação de boi com a carne mais cara do mundo

O marmoreio do wagyu e as “mordomias” dos bois japoneses

A fama da carne wagyu se deve ao seu marmoreio, que é a gordura entremeada na carne e proporciona uma textura e sabor únicos. Essas características são resultado da genética e de um cuidado especial na criação dos bois.

Historicamente, os bois wagyu no Japão eram tratados com “mordomias”, como o consumo de cerveja e massagem. Acredita-se que a cerveja facilita a digestão do animal, enquanto a massagem atua como drenagem linfática, contribuindo para a formação do marmoreio.

Carne de wagyu tem gordura entremeada na carne
Carne de wagyu tem gordura entremeada na carne

Atualmente, esse tipo de tratamento não é mais comum na criação de bois wagyu, nem mesmo no Japão. No entanto, a genética e o cuidado na alimentação continuam sendo fatores determinantes para a qualidade da carne.

A produção de carne de alta qualidade e o mercado brasileiro

A entrada de Mark Zuckerberg no ramo da pecuária de carne de alta qualidade é um reflexo do crescente interesse global por produtos premium. Consumidores cada vez mais exigentes buscam por alimentos diferenciados, com qualidade, sabor e procedência garantidos.

No Brasil, o mercado de carnes nobres tem apresentado um crescimento significativo nos últimos anos. O país possui um grande potencial para a produção desses tipos de carne, visto que possui climas favoráveis e um vasto território para a criação de gado.

Além disso, a valorização da carne bovina brasileira no mercado internacional também impulsiona o investimento em técnicas de produção que visam a melhoria da qualidade do produto final. Iniciativas como a de Mark Zuckerberg contribuem para o desenvolvimento e reconhecimento da pecuária de alto padrão no país.

Com a criação do boi wagyu e da raça angus, Zuckerberg busca oferecer ao mercado uma carne bovina de altíssima qualidade, produzida de forma sustentável e integrada. O seu projeto de criar o alimento dos animais na própria fazenda demonstra um compromisso com a produção local e o cuidado com todos os processos envolvidos na cadeia produtiva.

A aposta do fundador do Facebook no ramo pecuarista é um exemplo de como o setor agropecuário continua se reinventando e buscando novas oportunidades de negócio. Com investimentos em genética, manejo e alimentação, é possível produzir carnes premium que atendam às demandas de consumidores cada vez mais exigentes.

Carne wagyu, a mais cara do mundo
Carne wagyu, a mais cara do mundo

A iniciativa de Mark Zuckerberg na criação de bois com a carne mais cara do mundo é um exemplo de empreendedorismo e inovação. Espera-se que essa iniciativa contribua para o avanço da pecuária brasileira e abra caminho para novas oportunidades de mercado.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Felipe Rabello

Felipe Rabello

Felipe é um dos editores do Guia Região dos Lagos.

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]