Saquarema: Imagem de Iemanjá é vandalizada após festejos em celebração à Rainha do Mar em Saquarema, no RJ

Imagem de Iemanjá é vandalizada após festejos em celebração à Rainha do Mar em Saquarema, no RJ

A imagem de Iemanjá foi encontrada quebrada na Praia da Vila, em , na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, nesta segunda-feira (6). Segundo o registro na delegacia, o ato de vandalismo ocorreu entre às 22h do domingo (5) e as 5h desta segunda-feira.

O incidente aconteceu após os festejos em homenagem à Rainha do Mar. O Dia de Iemanjá é comemorado em 2 de fevereiro.

O caso foi registrado na Delegacia da cidade como “ultraje a culto e impedimento ou perturbação de ato a ele relativo” e “danos”, com motivação atribuída à intolerância religiosa. A polícia civil realizou perícia no local.

Segundo Sérgio Luis, presidente da Associação dos Cultos Afro-brasileiros de , a imagem teve as mãos quebradas. “Nosso povo de axé tem sido alvo de muitos ataques ao longo dos anos. Somente em 2022, foram registrados 1.232 casos de intolerância, racismo e preconceito religioso”, comentou o presidente da associação.

Na tarde desta segunda-feira, a Prefeitura de Saquarema emitiu uma nota informando que as câmeras de monitoramento da cidade flagraram o ocorrido e identificaram a pessoa responsável pelos atos de vandalismo. Agentes da Guarda Civil Municipal e da Polícia Militar conseguiram encontrar a jovem e a encaminharam à delegacia para prestar esclarecimentos.

Leia a nota da Prefeitura na íntegra: “Nesta segunda-feira, recebemos a triste notícia de que a imagem de Iemanjá, que estava localizada na Orla da Praia da Vila, no Centro, foi danificada por um ato de vandalismo. Em primeiro lugar, é importante ressaltar que todo e qualquer ato desse tipo deve ser combatido e investigado. Praticar, incentivar ou incitar a discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou origem nacional é crime. Portanto, as autoridades policiais estão agindo no caso para resolver a situação de forma rápida e eficiente. As câmeras de monitoramento da Prefeitura de Saquarema registraram o incidente, identificando a pessoa responsável e acompanhando o trajeto dela. Agentes da Guarda Civil Municipal e da 4ª Cia da Polícia Militar estão conduzindo a jovem à delegacia da cidade para prestar os devidos esclarecimentos. A Prefeitura de Saquarema repudia qualquer ato de vandalismo ou intolerância religiosa. Além disso, reforçamos a importância do respeito à diversidade religiosa, sexual, racial ou qualquer outra.”

Fonte da Notícia: G1

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]