Rio das Ostras: Jéssica Canedo falsificou capturas com Whindersson Nunes, diz polícia.

Jéssica Canedo forjou prints com Whindersson Nunes, afirma polícia | Enfoco

Jovem comete suicídio após ser alvo de fake news nas redes sociais

A Polícia Civil de Minas Gerais concluiu que a jovem Jéssica Vitória Canedo, de 22 anos, em Araguari, forjou prints de um suposto relacionamento com o humorista Whindersson Nunes.

O desdobramento das investigações do caso, que ficou conhecido no final do ano passado, foi revelado em uma coletiva de imprensa nesta quarta-feira (6).

Segundo a Polícia Civil, a própria jovem foi responsável por divulgar o conteúdo em algumas páginas de fofoca, através de perfis falsos criados por ela em uma rede social. O humorista Whindersson prestou depoimento à polícia e negou qualquer tipo de contato com a jovem.

“As notícias veiculadas e tudo isso que foi noticiado pelas páginas de notícias foi criado e partiu da própria jovem. Ela fez toda a montagem e divulgou para as páginas de notícias, esse suposto relacionamento dela com o humorista”, declarou o delegado Felipe Oliveira.

Segundo a investigação, Jéssica cometeu suicídio após algumas páginas de fofoca divulgarem prints de uma suposta relação amorosa entre ela e o humorista. Além disso, a jovem teria recebido uma mensagem que a instigava a tirar a própria vida. Uma jovem de 18 anos, da cidade de /RJ, foi identificada e indiciada pelo crime de instigação ao suicídio.

O caso começou quando Jéssica foi alvo de uma fake news que se espalhou por perfis de fofoca. A falsidade envolvia a disseminação de uma suposta troca de mensagens no Instagram, sugerindo um flerte entre a jovem e o humorista Whindersson Nunes, algo que nunca ocorreu. Jéssica expressou que estava sendo difamada por uma notícia falsa e afirmou que as montagens estavam sendo produzidas com o intuito de prejudicá-la.

A mãe de Jéssica, Inês Oliveira, confirmou a morte da jovem em 22 de dezembro através de seu perfil. A situação gerou indignação nas redes sociais contra as páginas que compartilharam a fake news sem verificar a veracidade das informações.

É importante ressaltar que a disseminação de fake news pode ter consequências graves como essa. É fundamental verificar a veracidade das informações antes de compartilhá-las, especialmente em assuntos sensíveis como relacionamentos e saúde mental. A responsabilidade ao utilizar as redes sociais é coletiva, e cada um de nós tem a responsabilidade de promover um ambiente mais seguro e saudável na internet.

Imagem:

Imagem: Foto: Reprodução

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]