Prisão de agiota violento em Araruama após operação policial

Operação da Polícia Civil resulta em prisão de agiota que usava violência contra vítimas em Araruama | Araruama

Prisão de agiota que usava violência contra vítimas em Araruama

Na última segunda-feira (11), a Polícia Civil realizou uma operação que resultou na prisão em flagrante de um agiota que utilizava violência e ameaças como forma de intimidação. O criminoso foi detido no bairro Fazendinha, em .

Imagem: Divulgação/Polícia Civil

De acordo com as investigações, o agiota cobrava juros de até 30% ao mês e utilizava da violência para obter o pagamento das dívidas. Em alguns casos, o criminoso se apropriava de bens pessoais das vítimas quando elas não conseguiam honrar os pagamentos.

O grupo criminoso, segundo as informações levantadas, realizava empréstimos com cobrança de juros abusivos e também ameaçava violentamente os devedores. Além disso, mesmo após a quitação das dívidas, algumas vítimas continuavam sendo cobradas.

Após receber denúncias sobre as atividades do agiota, a Polícia Civil iniciou as investigações. Na operação, além da prisão do criminoso em , foram realizadas diligências nos municípios de Iguaba Grande e no Rio de Janeiro.

As contas bancárias utilizadas pelo grupo criminoso para receber os valores cobrados das vítimas foram bloqueadas pelas autoridades, garantindo assim o ressarcimento das vítimas e a punição dos responsáveis.

Prisão temporária

O agiota foi preso em flagrante e teve mandado de prisão temporária expedido pelos crimes de agiotagem e extorsão. As investigações seguem em andamento para localizar e prender o outro envolvido no esquema, que já foi identificado.

A Polícia Civil também busca reunir novos elementos que possam contribuir com as investigações e garantir a responsabilização de todos os envolvidos no esquema criminoso.

É importante ressaltar que a ação da Polícia Civil é fundamental para combater práticas ilegais como a agiotagem, que prejudicam inúmeras pessoas e causam danos financeiros e psicológicos.

Ao efetuar a prisão do agiota e bloquear suas contas, as autoridades demonstram o comprometimento em garantir a segurança e a justiça para a população de Araruama.

A operação da Polícia Civil que resultou na prisão do agiota contou com o trabalho de agentes capacitados e empenhados em combater o crime organizado e proteger os cidadãos.

O trabalho da polícia é essencial para a manutenção da ordem e da segurança, contribuindo para que a população viva em um ambiente livre de medo e violência.

Fonte da notícia: Plantão Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]