Preso líder da ‘tragédia de Queimadas’ após três anos foragido em Rio das Ostras

Mentor da 'Barbárie de Queimadas' é preso após três anos foragido | Enfoco

Eduardo dos Santos, mentor da “Barbárie de Queimadas”, é preso em Rio das Ostras

Eduardo dos Santos, apontado como o criminoso mais procurado do estado da Paraíba, foi preso na terça-feira (19) em , na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Ele é o mentor do crime conhecido como a “Barbárie de Queimadas”, ocorrido em 2012, onde cinco mulheres foram estupradas durante uma festa de aniversário.

A prisão de Eduardo dos Santos foi realizada por agentes da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV) e da Subsecretaria de Inteligência, em apoio à Delegacia de Repressão ao Crime Organizado (Draco) da Polícia Civil da Paraíba. A ação foi bem-sucedida após três anos de perseguição ao criminoso.

No crime ocorrido em Queimadas, cidade paraibana, as vítimas foram estupradas por homens que elas consideravam seus amigos durante uma festa de aniversário. Duas das mulheres foram mortas por terem reconhecido os agressores.

Eduardo dos Santos já havia sido preso em 2012, no entanto, estava foragido desde 2020 quando conseguiu fugir de um presídio na Paraíba. Além dele, outros seis criminosos envolvidos na “Barbárie de Queimadas” foram investigados e condenados. Três deles eram adolescentes.

O criminoso foi sentenciado a 108 anos e dois meses de reclusão pelos crimes de homicídios, formação de quadrilha, cárcere privado, corrupção de menores, porte ilegal de arma e estupros. Sua fuga ocorreu aproveitando um descuido de um policial penal no presídio em João Pessoa.

Eduardo ainda recebeu uma pena adicional de 1 ano e 10 meses por lesão corporal a um adolescente envolvido nos crimes. O policial penal responsável pelas chaves foi indiciado, mas o Ministério Público da Paraíba (MPPB) ainda não apresentou denúncia contra ele.

A ação conjunta das polícias civil do Rio de Janeiro e da Paraíba resultou na captura do criminoso considerado o mais procurado do estado paraibano. A prisão de Eduardo dos Santos é uma vitória para a justiça e para as vítimas da “Barbárie de Queimadas”.

A “Barbárie de Queimadas” e a busca pela justiça

O crime conhecido como “Barbárie de Queimadas” chocou não apenas o estado da Paraíba, mas todo o país. O ocorrido em 2012 expôs a brutalidade e a crueldade de um grupo de homens que abusaram sexualmente de cinco mulheres durante uma festa de aniversário.

As vítimas eram amigas dos agressores, o que torna a traição ainda mais revoltante. Duas das mulheres foram assassinadas pelos estupradores por terem reconhecido os criminosos.

A prisão de Eduardo dos Santos é uma esperança para as vítimas e seus familiares, que há anos aguardavam por justiça. A condenação do criminoso e dos outros envolvidos na “Barbárie de Queimadas” representam um passo importante no combate à impunidade e na proteção dos direitos das mulheres.

É fundamental destacar também a atuação das polícias civil do Rio de Janeiro e da Paraíba, que realizaram a prisão do criminoso através de um trabalho conjunto. Essa cooperação entre as instituições é essencial para enfrentar o crime organizado e garantir a segurança da população.

A importância da prisão de Eduardo dos Santos

A prisão de Eduardo dos Santos é um marco na luta contra a impunidade e a violência contra as mulheres. O fato de ele ser considerado o criminoso mais procurado da Paraíba evidencia o quanto é necessário investir em políticas de segurança e na eficiência do sistema judiciário.

Agora, com a captura do mentor da “Barbárie de Queimadas”, é fundamental que as investigações continuem para identificar e responsabilizar outros possíveis envolvidos no crime. Não se pode permitir que a violência contra as mulheres fique impune.

A prisão de Eduardo dos Santos também serve como exemplo de que a justiça pode ser feita, mesmo que leve algum tempo. É importante que as vítimas tenham confiança nas instituições e no estado de direito, garantindo que seus agressores sejam punidos de acordo com a lei.

Fotos da notícia original:



Fonte da notícia original: Plantão Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]