Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Preso em Araruama suspeito de assassinar ex-namorada grávida em Saquarema | Notícia de Araruama

spot_img

Um jovem de 21 anos foi detido na segunda-feira (22) sob a suspeita de cometer homicídio por estrangulamento contra sua ex-namorada grávida em Saquarema. O suspeito foi preso em , também na Região dos Lagos, e levado para a 124ª Delegacia de Polícia, onde prestou depoimento. Contra ele foi cumprido um mandado de prisão preventiva.

Pedro Henrique Moreira teria discutido com a vítima, Kathelyn Caroline Cordeiro dos Santos, de 16 anos, que estava grávida de três meses, porque ela não queria continuar o relacionamento. Em seguida, ele teria utilizado uma coleira de cachorro para estrangular a jovem até a morte.

O corpo da vítima foi encontrado na madrugada de domingo (21) em um terreno no bairro Vilatur. Agentes do Destacamento de Polícia Ostensiva (DPO) do bairro foram acionados para o local e confirmaram o óbito.

O corpo de Kathelyn foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Cabo Frio para perícia e, posteriormente, liberado para sepultamento. O velório e enterro ocorrerão em Ibirité, Minas Gerais, cidade onde a família da jovem reside.

O caso está sob investigação da Polícia Civil.

Motivação do crime

De acordo com informações preliminares, a motivação do crime está relacionada ao término do relacionamento entre Pedro Henrique e Kathelyn. A jovem optou por encerrar o namoro, o que teria gerado uma discussão entre o casal. Pedro Henrique, então, cometeu o homicídio utilizando uma coleira de cachorro.

Esse episódio chocante levanta a discussão sobre os casos de feminicídio no Brasil, que infelizmente são frequentes. A violência contra a mulher, especialmente quando relacionada ao término de um relacionamento, é recorrente no país e demanda medidas preventivas e efetivas para proteger as vítimas.

A conscientização e a promoção de iniciativas de combate à violência contra a mulher são fundamentais para mudar essa realidade. É necessário que a sociedade como um todo se envolva na luta pela igualdade de gênero e pelo respeito às mulheres.

Consequências jurídicas

O acusado, Pedro Henrique Moreira, enfrentará as consequências jurídicas de seus atos. Com a prisão preventiva decretada, ele ficará detido enquanto o processo judicial estiver em andamento. Se condenado, poderá receber uma pena de acordo com a gravidade do crime.

A Justiça brasileira tem buscado cada vez mais ser rigorosa no combate ao feminicídio e outras formas de violência contra a mulher. No entanto, ainda há muito a ser feito para garantir a segurança e proteção das mulheres vítimas de relacionamentos abusivos.

Importância da denúncia

É fundamental que, diante de qualquer situação de violência ou ameaça, as mulheres denunciem seus agressores e busquem apoio das autoridades competentes. Muitas vezes, as vítimas têm medo de represálias ou até mesmo de não serem levadas a sério, mas denunciar é um passo crucial para quebrar o ciclo de violência.

A rede de apoio às mulheres vítimas de violência oferece serviços de orientação, acolhimento, proteção e encaminhamento jurídico. O objetivo é garantir que as vítimas sejam amparadas e recebam o suporte necessário para sair de situações de risco.

A luta contra a violência doméstica e o feminicídio envolve não apenas as vítimas, mas toda a sociedade. É preciso que amigos, familiares e comunidade em geral estejam atentos aos sinais e denunciem qualquer tipo de agressão contra mulheres.

Somente com uma atuação coletiva e engajada será possível enfrentar e combater essa triste realidade que assola muitas mulheres brasileiras. É necessário que todos se unam para construir um país mais seguro e igualitário.

Saquarema-Termo-de-compromisso-vai-fiscalizar-programa-Conexao-do-Futuro

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]