Prefeitura de Cabo Frio refuta desvio e acusações serão julgadas em tribunal cível e criminais

Prefeitura de Cabo Frio nega desvio e afirma que os acusadores vão responder na Vara Cível e Criminal

Prefeitura de Cabo Frio nega desvio e afirma que os acusadores vão responder na Vara Cível e Criminal

No final da tarde desta segunda-feira, dia 01, a prefeitura de emitiu uma nota negando fatos das denúncias.

A prefeitura de informa que apurou as notícias veiculadas e afirma que os fatos não procedem. O recurso de adiantamento é utilizado para compra de peças e serviços de emergência, e, diante disso, ao ser depositado na conta do funcionário nomeado, foi solicitado para pagamento das peças já encomendadas para ambulância, que, somente após o pagamento, são emitidas as notas. Este procedimento é comum e o funcionário e/ou setor presta contas regularmente ao Fundo Municipal de Saúde no prazo de 60 dias. Os servidores injustamente acusados estão tomando as medidas judiciais cabíveis, com o intuito de responsabilização cível e penal dos acusadores, tendo em vista a existência de farta documentação comprobatória da inexistência de qualquer prática ilícita por parte dos servidores.

A defesa da prefeitura de Cabo Frio

A prefeitura de Cabo Frio emitiu uma nota nesta segunda-feira (01), negando as denúncias de desvio de recursos públicos. Segundo a nota, os fatos relatados não procedem e a utilização dos recursos de adiantamento é feita de acordo com as necessidades emergenciais do município.

O comunicado informa que o adiantamento é utilizado para compra de peças e serviços de emergência, e que, após o depósito na conta do funcionário responsável, é necessário realizar o pagamento das peças já encomendadas para ambulância, para então emitir as notas fiscais. Essa prática é comum e os servidores envolvidos no processo prestam contas regularmente ao Fundo Municipal de Saúde.

Além disso, a prefeitura ressalta que os servidores acusados injustamente estão tomando medidas judiciais para responsabilizar cível e penalmente os acusadores. Existe, segundo a nota, uma farta documentação comprobatória que atesta a inexistência de qualquer prática ilícita por parte dos servidores.

Denúncias de desvio de recursos

As denúncias de desvio de recursos públicos na prefeitura de Cabo Frio surgiram recentemente, causando um grande impacto no município. Várias acusações foram feitas, colocando em xeque a integridade e a transparência do governo municipal.

A prefeitura, por sua vez, vem se defendendo das acusações e afirma que as denúncias não têm embasamento e não correspondem à realidade dos fatos. A nota divulgada nesta segunda-feira é mais uma tentativa de esclarecer a situação e demonstrar que as acusações são infundadas.

De acordo com a prefeitura, os recursos de adiantamento são utilizados para a compra de peças e serviços de emergência. O procedimento de pagamento das peças já encomendadas antes da emissão das notas fiscais é uma prática comum, e os servidores responsáveis prestam contas regularmente ao Fundo Municipal de Saúde.

A prefeitura também ressalta que os servidores injustamente acusados estão tomando medidas judiciais para responsabilizar cível e penalmente os acusadores. Há uma farta documentação comprobatória que comprova a inexistência de qualquer prática ilícita por parte dos servidores.

Consequências judiciais

Diante das denúncias de desvio de recursos públicos, os servidores acusados injustamente estão tomando as medidas judiciais cabíveis para buscar a responsabilização cível e penal dos acusadores. A prefeitura de Cabo Frio afirma que existem documentos comprobatórios que demonstram a inocência dos servidores.

A defesa dos servidores está embasada na existência de farta documentação que atesta a inexistência de qualquer prática ilícita por parte dos acusados. Os servidores estão confiantes de que a justiça será feita e que os acusadores serão responsabilizados pelos danos causados às suas reputações.

É importante ressaltar que acusações infundadas podem causar graves consequências para a vida dos servidores públicos envolvidos, tanto no aspecto profissional quanto no pessoal. Por isso, é fundamental que as denúncias sejam apuradas de forma criteriosa e que a verdade seja estabelecida.

A prefeitura de Cabo Frio reitera seu compromisso com a transparência e a correta utilização dos recursos públicos, e afirma que continuará atuando para esclarecer qualquer dúvida e garantir a lisura dos processos internos.

As investigações sobre as denúncias de desvio de recursos públicos estão em andamento, e espera-se que as autoridades competentes façam uma análise minuciosa dos fatos e cheguem a uma conclusão justa.

Enquanto isso, os servidores acusados injustamente seguem confiantes de que sua inocência será comprovada e de que os responsáveis pelas acusações serão devidamente responsabilizados na Vara Cível e Criminal.

Fonte: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]