Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Prefeitura de Búzios promove operação para combater deflorestamento clandestino em Marina | Búzios

Prefeitura de Búzios realiza Força Tarefa para combater o desmatamento ilegal na Marina | Búzios

Prefeitura de Búzios intensifica ações contra o desmatamento ilegal na Marina

Apreensão de pessoas e equipamentos

No último fim de semana, a Prefeitura de Búzios realizou uma Força Tarefa para combate ao desmatamento ilegal no bairro da Marina. A ação resultou na apreensão de duas pessoas que estavam realizando o corte de árvores de forma irregular. Os infratores foram encaminhados para a delegacia de polícia do município (127º DP-Búzios) e atualmente estão sendo investigados.

Além das prisões, foram confiscadas também um facão, uma motosserra e uma foice, que eram utilizados para a prática ilegal do desmatamento. A operação teve início na última sexta-feira (12) e contou com a participação das secretarias de Meio Ambiente e Urbanismo e de Segurança Pública. As equipes envolvidas foram a Fiscalização Ambiental, a Fiscalização Urbanística, o Proes e a Guarda Municipal Ambiental.

A ação foi realizada seguindo a recomendação da 1ª Promotoria de Justiça de , que recebeu uma denúncia sobre o desmatamento na região da Marina. A prefeitura de Búzios tem buscado parcerias e recursos para intensificar as ações contra o desmatamento ilegal na cidade, a fim de preservar o meio ambiente e garantir a sustentabilidade local.

Canal de denúncias

A população pode contribuir para combater o desmatamento ilegal em Búzios. A Prefeitura disponibilizou um canal de denúncias exclusivo para crimes ambientais, onde as pessoas podem informar casos de desmatamento, queimadas e outros atos prejudiciais ao meio ambiente. O número de contato é (22) 99955-2292 e o atendimento é feito através de mensagens pelo WhatsApp, não sendo possível realizar ligações.

Preservação ambiental em Armação dos Búzios

, localizada na região dos Lagos, é um destino turístico conhecido por suas belas praias e pela preservação do meio ambiente. A cidade conta com uma diversidade de flora e fauna, além de áreas de proteção ambiental que contribuem para a manutenção da biodiversidade local.

A prefeitura tem trabalhado em parceria com órgãos ambientais e a sociedade civil para implementar medidas de conservação e sustentabilidade, visando proteger e preservar a natureza exuberante da região. Ações como a Força Tarefa realizada na Marina são fundamentais para coibir práticas ilegais que possam causar danos ao ecossistema.

A conscientização da população também é fundamental para o sucesso das ações de preservação ambiental. É importante que os moradores e visitantes entendam a importância de respeitar as leis e os limites estabelecidos para evitar impactos negativos ao meio ambiente.

Além do desmatamento ilegal, outros problemas ambientais como a poluição das praias, a pesca predatória e a degradação de áreas de proteção são questões que precisam ser enfrentadas de forma coletiva. A preservação do meio ambiente é responsabilidade de todos e exige a participação ativa da comunidade em prol do bem-estar coletivo.

Conclusão

A Prefeitura de Búzios tem intensificado suas ações no combate ao desmatamento ilegal na cidade, visando preservar o meio ambiente e garantir a sustentabilidade local. A recente operação na Marina resultou na apreensão de infratores e de equipamentos utilizados para o desmatamento. A população também pode contribuir denunciando casos de crime ambiental através do canal exclusivo disponibilizado pela prefeitura.

A preservação ambiental é essencial para manter a biodiversidade e a beleza natural de Armação dos Búzios. A conscientização da população e a adoção de práticas sustentáveis são fundamentais para garantir um futuro melhor para a cidade e para as gerações futuras.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]