Menu

> Cidades

","library":"fa-solid"}}" data-widget_type="nav-menu.default">
[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Possível fraude em licitação é apontada por vereadores em Araruama | Araruama em foco

spot_img

Vereadores denunciam possível fraude em licitação milionária na Saúde de

Três vereadores da cidade de , no estado do Rio de Janeiro, denunciaram nesta terça-feira (16) uma licitação supostamente fraudulenta que envolve um montante de R$ 31.402.746,00 na área da Saúde. Os parlamentares Oliveira da Guarda, Aridinho e Elói Ramalho apontaram diversas irregularidades no processo e pediram investigação.

O vereador Oliveira da Guarda, que acompanha o Portal da Transparência diariamente, afirmou que a licitação foi realizada de maneira apressada e direcionada. Segundo ele, no dia anterior à publicação no Portal da Transparência, não havia nenhuma informação sobre o processo. Além disso, o edital foi publicado apenas algumas horas antes do horário programado para o pregão, em uma suposta tentativa de ocultar informações. O vereador também destacou a presença de policiais à paisana que impediam que qualquer pessoa se aproximasse do local.

De acordo com a lei de licitações e contratos, o aviso oficial precisa ser publicado com pelo menos 7 dias de antecedência. No entanto, segundo Oliveira da Guarda, a prefeitura realizou uma manobra ao publicar o edital apenas após a extinção da antiga lei, dois dias antes do término do prazo. Essa questão levanta suspeitas sobre a transparência do processo.

Durante a apuração dos fatos, os vereadores descobriram indícios de que a empresa GPC Soluções em Saúde Ltda., que foi a única a concorrer na licitação, seria uma empresa de fachada. Ao visitarem o endereço registrado do CNPJ, foi constatado que se trata apenas de uma fachada de uma empresa de reformas. Segundo uma moradora do local, apenas um salão de beleza funcionou no imóvel há três anos, e desde então, não há nenhuma empresa ativa ali. Além disso, foi revelado que a empresa aumentou seu capital social apenas cinco dias antes do pregão, o que levanta suspeitas sobre a sua idoneidade.

Diante dessas irregularidades, os vereadores já solicitaram vistas do processo à prefeitura e estão reunindo os documentos para formalizar a denúncia no Ministério Público e demais órgãos competentes. Até o momento, a prefeitura de Araruama não se pronunciou sobre as acusações.

É fundamental que casos como esse sejam investigados em busca da transparência e do uso adequado dos recursos públicos. A população deve estar atenta e cobrar a devida apuração dos fatos, garantindo que o dinheiro destinado à Saúde seja utilizado de forma correta e em benefício da comunidade.

A cidade de Araruama, assim como todo o Brasil, enfrenta grandes desafios na área da Saúde, especialmente no atual contexto de pandemia. Por isso, é essencial que as autoridades e gestores públicos ajam com responsabilidade, garantindo a lisura nos processos de contratação e evitando qualquer tipo de fraude ou desvio de recursos.

A denúncia feita pelos vereadores de Araruama é um importante passo para a identificação de possíveis irregularidades e a punição dos envolvidos. A sociedade precisa confiar nas instituições e ter a garantia de que os recursos públicos estão sendo utilizados da melhor forma possível.

É papel de todos fiscalizar e denunciar casos suspeitos, contribuindo para o combate à corrupção e para a construção de uma sociedade mais justa e transparente. As investigações devem ser conduzidas de forma imparcial e rigorosa, garantindo a punição dos responsáveis e a reparação dos danos causados.

A população de Araruama espera que a denúncia dos vereadores seja apurada com seriedade e que as medidas cabíveis sejam tomadas. A transparência e a ética devem nortear o trabalho dos gestores públicos, especialmente quando se trata da saúde e do bem-estar da população. A população precisa ter a certeza de que seus recursos estão sendo utilizados de forma adequada, em benefício de todos.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]