Pai ferido em explosão de lancha quer se reunir com família

'Só quero ver minha família', diz pai ferido em explosão de lancha | Enfoco

: ‘Só quero ver minha família', diz pai ferido em explosão de lancha

Na última sexta-feira (10), uma lancha explodiu na Ilha do Japonês, em Cabo Frio, na Região dos Lagos, deixando uma família ferida. O acidente envolveu um casal e seus três filhos, com idades entre 4 e 9 anos, além do condutor da embarcação, de 30 anos.

O pai, Raphael Junio de Oliveira Larangot, de 34 anos, está sendo atendido no Centro de Trauma do Hospital Estadual Roberto Chabo, em Araruama, também na Região dos Lagos. Apesar de estar em recuperação, o mecânico expressou seu desejo de melhorar e finalmente reencontrar sua família.

“Estamos recebendo todo o apoio e tratamento necessário dos profissionais desde a nossa entrada. Só quero melhorar, ver minhas crianças e minha esposa. Só tenho a agradecer a Deus e aos profissionais que nos socorreram e aos que continuam cuidando de mim e da minha família”, disse emocionado.

As crianças, Rafaela Maria de Jesus Larangot, de 9 anos, e seu irmão Miguel Junio de Jesus Larangot, de 4 anos, também estão sendo tratados no Centro de Trauma do Hospital Estadual Roberto Chabo. Segundo informações da unidade, a menina está em estado grave, enquanto o menino está estável.

Enquanto isso, no Hospital Estadual Alberto Torres (HEAT), em São Gonçalo, na Região Metropolitana, estão sendo tratados outros dois membros da família, Gabriel Junio de Jesus Larangot, de 8 anos, e sua mãe, Leni Eustaquia Paloma de Jesus, de 28 anos. Ambos estão em condição estável.

O condutor da lancha, Geovanni Santos de Brito, de 30 anos, está internado no Hospital Estadual de Traumatologia e Ortopedia Melchiades Calazans (HTO Baixada), em Nilópolis, também em estado estável.

Centro de Trauma é referência na região

No mês passado, foi inaugurado o Centro de Trauma do Hospital Estadual Roberto Chabo (HERC), um marco importante na Região dos Lagos. O objetivo principal do novo setor é evitar a transferência de pacientes com traumas graves para hospitais localizados na Região Metropolitana e na capital.

Em visita ao Centro de Trauma, o comandante do Corpo de Bombeiros de Araruama, major Domingos, elogiou a estrutura do centro e o protocolo de atendimento. “O nosso hospital é uma unidade muito importante no atendimento de média e alta complexidade na Região dos Lagos. Nosso objetivo, além de salvar vidas, é evitar a transferência desses pacientes para outras regiões”, explicou Mário Espinhara, diretor do HERC.

O Centro de Trauma do HERC possui quatro leitos de estabilização e toda a infraestrutura necessária para atender pacientes com traumas de média e alta complexidade de maneira adequada, mantendo padrões de excelência. A unidade é habilitada para tratar diferentes tipos de traumas, como traumas penetrantes (provocados por armas de fogo, arma branca e lesões abertas) e traumas contusos (resultantes de acidentes de trânsito, quedas, explosões, entre outros).

Além do Centro de Trauma, o Hospital Estadual Roberto Chabo também recebeu novos leitos de Tratamento Intensivo (CTI), totalizando agora 16 leitos. Esses leitos são equipados com camas hospitalares eletrônicas e dispositivos de suporte à vida de última geração, projetados para atender às necessidades fundamentais dos pacientes em cuidados intensivos.

O CTI também possui monitores multiparâmetros e centrais de monitoramento, permitindo o acompanhamento em tempo real da condição de saúde dos pacientes, fornecendo informações importantes para os médicos e equipes de enfermagem.

O Hospital Estadual Roberto Chabo, administrado pelo Ideas em parceria com o Governo do Estado, desempenha um papel crucial na região, recebendo pacientes regulados de diversos municípios, como Araruama, Búzios, , Cabo Frio, Casimiro de Abreu, Iguaba Grande, Rio das Ostras, São Pedro D'Aldeia e Saquarema.

Portanto, a família ferida na explosão da lancha em Cabo Frio segue em recuperação nos hospitais da região, sendo atendida por profissionais dedicados e em unidades de saúde de referência, como o Centro de Trauma do Hospital Estadual Roberto Chabo. Espera-se que todos se recuperem o mais breve possível e possam reencontrar sua família com saúde.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]