Mulher sofre atropelamento e é arrastada pelo ex em Maricá; vídeo

Mulher é atropelada e arrastada pelo ex em Maricá; vídeo | Enfoco

Mulher é violentamente atropelada e arrastada pelo ex em

No domingo (17) à tarde, uma mulher de 43 anos foi vítima de um terrível incidente em , no bairro de Itaipuaçu. Ela foi violentamente atropelada e arrastada por um carro JAC prata, sendo o condutor do veículo seu ex-companheiro. Após o crime, o motorista foi preso pelas autoridades.

O incidente ocorreu por volta das 13h, na rua Nossa Senhora de Aparecida, e foi capturado pelas câmeras de segurança de uma residência próxima. As imagens chocantes mostram o momento em que o homem atropela a mulher e seu corpo é lançado para frente. Posteriormente, a vítima aparece ferida, no chão da calçada. Antes disso, ela foi arrastada pelas ruas, presa por um cinto de segurança.

Testemunhas que presenciaram o incidente relataram os detalhes para as autoridades. Uma delas, que prefere não se identificar, afirmou ter visto o carro trafegando pela rua com a porta do motorista aberta e a mulher presa sendo arrastada. Inicialmente, ela pensou que o carro fosse automático e que a mulher estivesse passando mal, mas percebeu, posteriormente, que o motorista era de baixa estatura. Ao tentar ajudar, a testemunha ficou na frente do carro, mas o motorista acelerou e ela conseguiu se desviar.

“Ele estava segurando a mulher pelo cinto, causando o arrastamento dela”, afirma a testemunha.

Após conseguir se soltar, a mulher recebeu ajuda dos moradores, que a colocaram na calçada. Infelizmente, ela acabou sendo atropelada no local onde estava, mas um morador conseguiu seguir o carro e contatar uma equipe da Polícia Militar, que efetuou a prisão do agressor.

A vítima foi socorrida por equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhada ao Hospital Municipal Ernesto Che Guevara. De acordo com informações da Prefeitura de Maricá, por meio da Secretaria de Saúde, a mulher deu entrada no hospital vítima de atropelamento. Ela passou por exames que constataram trauma na região torácica e fratura na fíbula. Atualmente, ela está internada no Centro de Terapia Intensiva (CTI) e seu quadro de saúde é estável. Ela está sendo avaliada pelas equipes cirúrgicas.

É importante ressaltar que qualquer forma de violência contra a mulher é inaceitável e deve ser denunciada. Casos como esse reforçam a necessidade de políticas públicas que garantam a segurança e proteção das mulheres. As autoridades devem agir com rigor para punir os agressores e garantir que casos como esse não se repitam.

Imagens: Péricles Cutrim

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]