Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Meta permitirá que usuários desconectem perfis do Facebook, Messenger e Instagram na UE | Tecnologia

Facebook e Instagram lançam serviço de assinatura paga sem anúncios na Europa

Meta permitirá que usuários desvinculem contas do Facebook, Messenger e Instagram na UE

Uma nova lei de Mercados Digitais (DMA), que entrou em vigor este ano na Europa, está levando o Facebook a tomar medidas para se adequar às regulamentações. De acordo com a nova lei, as empresas de mídia social são obrigadas a permitir que os usuários desvinculem suas contas em diferentes plataformas, como o Facebook, o Messenger e o Instagram.

A vinculação de contas é uma prática comum que permite aos usuários utilizar os recursos de direcionamento de anúncios, personalização de recomendações de conteúdo e compartilhamento de postagens entre diferentes plataformas. No entanto, a nova lei busca limitar esse tipo de prática e dar aos usuários mais controle sobre suas informações pessoais.

A Meta, empresa controladora do Facebook, anunciou recentemente que irá ajustar suas plataformas para atender aos requisitos da nova lei. Isso significa que os usuários poderão desvincular suas contas do Facebook, Messenger e Instagram caso desejem.

Essa mudança é uma resposta direta à pressão da União Europeia para proteger a privacidade dos usuários e garantir a concorrência justa no mercado digital. A União Europeia tem sido uma das vozes mais ativas na defesa da privacidade dos usuários e na regulamentação das grandes empresas de tecnologia. Com a nova lei, a União Europeia espera criar um ambiente digital mais seguro e transparente para todos.

Embora essa mudança possa ser vista como uma medida positiva para os usuários, ela também traz desafios para as empresas de mídia social. A vinculação de contas é uma parte fundamental do modelo de negócios dessas empresas, permitindo-lhes coletar dados dos usuários e oferecer anúncios direcionados. Agora, com a possibilidade de desvinculação de contas, as empresas podem perder parte desse poder de coleta de dados e direcionamento de anúncios.

No entanto, a Meta está confiante de que essa mudança não afetará significativamente seus negócios. A empresa afirma que continuará a fornecer anúncios personalizados e recomendações de conteúdo, mesmo que os usuários escolham desvincular suas contas. Além disso, a Meta planeja lançar um novo recurso chamado Login with Meta, que permitirá que os usuários façam login em diferentes aplicativos usando sua conta do Meta, mantendo assim a possibilidade de coletar dados e oferecer anúncios direcionados.

Essa mudança também pode significar uma nova dinâmica de concorrência no mercado digital. Com a possibilidade de desvinculação de contas, os usuários podem experimentar diferentes plataformas sem a preocupação de que suas informações pessoais estejam vinculadas. Isso pode levar a uma maior competição entre as empresas de mídia social e uma maior diversidade de escolhas para os usuários.

A nova lei de Mercados Digitais da União Europeia é apenas uma das muitas iniciativas em andamento para regulamentar as grandes empresas de tecnologia. Países como os Estados Unidos também estão discutindo leis semelhantes para garantir a proteção dos usuários e a concorrência justa no mercado digital.

No final, o objetivo é encontrar um equilíbrio entre a proteção da privacidade dos usuários e a capacidade das empresas de oferecer serviços personalizados. A desvinculação de contas é apenas uma das medidas sendo tomadas nesse processo de regulamentação. Resta acompanhar como as empresas se adaptarão a essas mudanças e como os usuários se beneficiarão delas.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Felipe Rabello

Felipe Rabello

Felipe é um dos editores do Guia Região dos Lagos.

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]