Maricá recebe visita da República do Congo em busca de inovação na produção de alimentos

spot_img

: República do Congo busca novos modelos e técnicas para produzir alimentos

Uma delegação da República do Congo visitou o horto da agrobiodiversidade na Fazenda Pública Joaquín Piñero, em , para conhecer as ações e práticas desenvolvidas pelo Inova Agroecologia. A visita faz parte de um projeto promovido pelo Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da ONU no Brasil, em parceria com o Governo da República do Congo, o Governo do Brasil e o United Nations Office for South-South Cooperation (UNOSSC).

Durante a visita, os representantes do Congo se mostraram inspirados e motivados pelas políticas públicas e experiências de sucesso promovidas por Maricá para o fortalecimento da agroecologia e do acesso aos mercados locais. Maria Giulia Senesi, oficial de programas do WFP, comemorou as realizações do município: “Eles estão extremamente inspirados e motivados pelas realidades que estão vendo aqui, por tantas articulações de políticas públicas, por tantas experiências exitosas que Maricá está conseguindo nos prover”.

O objetivo do projeto é auxiliar agricultores familiares do Congo a acessar os mercados locais. Para isso, estão sendo desenvolvidas estratégias que envolvem o fortalecimento institucional de ministérios, treinamento de cooperativas de agricultores e implementação de programas de alimentação escolar.

A cooperação entre o município e a universidade também chamou a atenção da delegação do Congo. O diretor geral de Parceria para o Desenvolvimento do Ministério de Plano, Estratégia e Integração Regional do Congo, Aimé Blaise Nitoumbi, destacou a capacidade de gestão comunitária em Maricá: “Ver a ligação entre o município e as políticas ligadas à segurança alimentar é impressionante. A capacidade da gestão comunitária aqui não é só política, mas também técnica, a população se envolve nas questões. Jovens e mulheres também fazem parte do desenvolvimento. ‘Nosso futuro está nas mãos dos jovens e vi isso aqui', celebra”.

Uma das iniciativas apresentadas durante a visita foi o Inova Agroecologia, que promove a produção de frutas e legumes orgânicos de alto valor econômico. A cooperação técnica entre a Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro e a Codemar tem sido fundamental para difundir princípios e práticas agroecológicas adaptadas às condições de Maricá.

O coordenador do Inova, Antônio Abboud, destacou a importância da visibilidade internacional para o trabalho desenvolvido em Maricá: “É muito importante para nós essa visibilidade internacional através do interesse em nossas tecnologias. É a partir desse tipo de iniciativa que nosso trabalho é difundido. A África é um local que tem todas as características climáticas e sociais para que possamos adaptar as mesmas tecnologias”.

Além do Inova Agroecologia, a delegação do Congo visitou outros projetos da cidade, como a Fábrica de Desidratados Prefeito Édio Muniz, escolas municipais, projeto Cooperar e praça agroecológica. A ação, que envolve a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Maricá, o Centro de Excelência Contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos (CdE – WFP), o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e a Agência Brasileira de Cooperação (ABC), busca enriquecer as práticas de produção de alimentos no Congo e fortalecer a segurança alimentar no país.

Fotos: Allan Tavares

Fonte da Notícia: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]