Macaé doa 30 toneladas para o Rio Grande do Sul

Macaé envia 30 toneladas de doações para o Rio Grande do Sul

Macaé envia 30 toneladas de doações para o Rio Grande do Sul

Doações podem ser entregues na sede da Cruz Vermelha de

, cidade localizada no estado do Rio de Janeiro, enviou nesta terça-feira (14) a primeira carreta com 30 toneladas de doações para o Rio Grande do Sul, estado que enfrenta graves enchentes e tem diversas famílias desabrigadas. A iniciativa solidária é resultado de uma parceria entre a Cruz Vermelha de Macaé, a prefeitura municipal e a população macaense.

No primeiro carregamento, foram incluídos fardos de água e roupas, itens essenciais para suprir as necessidades básicas das pessoas afetadas pelas enchentes. Além disso, está programada para quarta-feira (15) a saída de uma segunda carreta com alimentos, materiais de limpeza, higiene pessoal, brinquedos e mais água potável.

A solidariedade da população

O prefeito de Macaé, Welberth Rezende, destacou a colaboração da população da cidade nessa ação de apoio às famílias gaúchas vítimas das chuvas. A mobilização em prol das vítimas tem sido intensa, evidenciando o espírito solidário dos moradores de Macaé.

As doações estão sendo recebidas e catalogadas na sede da Cruz Vermelha de Macaé, que está localizada na Rua Francisco Portela, número 119. A instituição tem trabalhado em conjunto com a Secretaria Adjunta de Defesa Civil para coordenar e registrar as doações.

A iniciativa da Cruz Vermelha de Macaé, em parceria com a prefeitura e a população, tem como objetivo levar auxílio e minimizar as dificuldades enfrentadas pelas famílias gaúchas. As enchentes têm causado grandes estragos no estado e afetado a vida de milhares de pessoas.

A importância da solidariedade

Diante das adversidades, é fundamental que a sociedade se una e demonstre sua solidariedade. As doações enviadas por Macaé são essenciais para amenizar o sofrimento das famílias desabrigadas, que perderam pertences e vivem em situação precária.

A atuação conjunta entre a Cruz Vermelha, a prefeitura e a população é um exemplo de como a solidariedade pode fazer a diferença na vida das pessoas. Cada gesto de apoio e cada doação contribuem para que as famílias possam reconstruir suas vidas e superar esse momento de dificuldade.

Macaé, assim como várias outras cidades, tem se mobilizado para ajudar os afetados pelas enchentes. A soma dos esforços de toda a sociedade resulta em uma corrente de solidariedade capaz de proporcionar esperança e alívio às vítimas das enchentes.

As doações continuam sendo recebidas na sede da Cruz Vermelha de Macaé e a população já se prepara para outras iniciativas em prol das famílias gaúchas. Cada ato de solidariedade é uma forma de mostrar empatia e cuidado com o próximo, contribuindo para uma sociedade mais unida e justa.

Fonte: Secom Macaé

Fonte: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]