Macaé: Cidade lidera criação de vagas de trabalho no Rio de Janeiro, com ênfase nos setores de serviços e indústria.

Macaé lidera geração de empregos no Estado do Rio, com destaque para os setores de serviços e indústria | Macaé

lidera geração de empregos no Estado do Rio, com destaque para os setores de serviços e indústria

tem se destacado como uma das maiores geradoras de empregos no estado do Rio, mantendo um impressionante crescimento com três meses consecutivos registrando mais de 1.000 novas oportunidades. Essa análise é respaldada pelos dados da plataforma Retratos Regionais, que utiliza informações do Caged para apresentar um panorama do mercado de trabalho. No mês de outubro, a cidade manteve sua trajetória ascendente, com a abertura de 1.028 vagas, impulsionada principalmente pelos setores de Serviços (+582) e Indústria (+252).

Francisco Roberto de Siqueira, presidente da Firjan Norte Fluminense, destaca a resiliência de Macaé diante das oscilações comuns nos ciclos de contratação de mão de obra. Ele comenta: “O fim de contratos temporários de trabalho costuma trazer quedas nesta época, que por vezes acabam se reequilibrando com as contratações de fim de ano no comércio. Mas Macaé, uma vez mais, demonstra grande fôlego e certa independência desses ciclos de contratação de mão de obra”.

No mês analisado, as “Atividades dos serviços de tecnologia da informação” lideraram a criação de empregos em Macaé, registrando um aumento significativo de 177 novas vagas. Entre as atividades, destacam-se também os “Serviços de engenharia” com um expressivo acréscimo de 155 oportunidades. Na Indústria, os “Serviços especializados para construção” foram os grandes responsáveis pela criação de oportunidades, contribuindo com 1.260 novas vagas.

Em contrapartida, Campos registrou o pior índice do estado do Rio, com um saldo negativo de 238 vagas, sendo impactado principalmente pela agropecuária, que apresentou uma redução de 366 postos de trabalho. O comércio varejista foi o setor que mais contratou em Campos, registrando um aumento de 243 vagas em outubro.

Analisando a região em outubro, das nove cidades do Norte Fluminense, cinco tiveram saldos positivos, além de Macaé: Quissamã (+17), Conceição de Macabu (+10), Carapebus (+8) e Cardoso Moreira (+1). Em São João da Barra (-22), apenas a Indústria ficou com saldo positivo entre os grandes setores, contribuindo com 9 novas vagas.

Macaé continua se firmando como uma grande geradora de empregos no Estado do Rio, com um crescimento impressionante e constante. Esses dados comprovam a resiliência da cidade diante das oscilações no mercado de trabalho e a independência em relação aos ciclos de contratação de mão de obra. Com destaque para os setores de serviços e indústria, Macaé tem se destacado como uma cidade promissora para profissionais em busca de novas oportunidades.

No mês de outubro, Macaé registrou a abertura de 1.028 vagas, impulsionadas pelos setores de serviços e indústria. As atividades dos serviços de tecnologia da informação lideraram a criação de empregos, com um aumento significativo de 177 novas vagas. Além disso, os serviços de engenharia também apresentaram um expressivo acréscimo de 155 oportunidades. Na indústria, os serviços especializados para construção foram responsáveis pela criação de 1.260 novas vagas.

Enquanto Macaé se destaca como líder na geração de empregos, Campos registrou o pior índice do estado do Rio, com um saldo negativo de 238 vagas. A agropecuária foi o setor mais impactado, apresentando uma redução de 366 postos de trabalho. Por outro lado, o comércio varejista foi o setor que mais contratou em Campos, registrando um aumento de 243 vagas em outubro.

Na região do Norte Fluminense, além de Macaé, outras cinco cidades tiveram saldos positivos em outubro. Quissamã, Conceição de Macabu, Carapebus e Cardoso Moreira registraram aumentos no número de vagas. Já São João da Barra teve um saldo negativo, com exceção do setor industrial, que contribuiu com a criação de 9 novas oportunidades.

Esses dados mostram a importância de Macaé como um polo empregador na região. A cidade tem se destacado pela sua resiliência e pela capacidade de gerar oportunidades mesmo em períodos de oscilação no mercado de trabalho. Com uma diversidade de setores em crescimento, profissionais de diferentes áreas têm encontrado em Macaé um lugar promissor para investir em suas carreiras.

Portanto, é evidente que Macaé continua sendo uma referência quando se trata de geração de empregos no Estado do Rio. Com seu crescimento constante e os setores de serviços e indústria em destaque, a cidade se mantém como uma excelente alternativa para profissionais em busca de novas oportunidades. É importante valorizar o potencial local e fortalecer os investimentos nessas áreas, visando um desenvolvimento sustentável e a criação de um cenário ainda mais positivo para o mercado de trabalho em Macaé e região.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]