Instituto Onda Azul entrega primeiro barco artesanal em São Pedro da Aldeia

spot_img

São Pedro da Aldeia: Projeto Novos Mestres entrega barco de pesca artesanal para a comunidade da Baleia

Embarcação construída pelo Instituto Onda Azul fortalece a economia e a tradição na região

Neste sábado (18), a cidade de , na Região dos Lagos, será contemplada com a entrega da embarcação de pesca artesanal para a comunidade da Baleia. A iniciativa faz parte do Projeto Novos Mestres, gerido pelo Instituto Onda Azul, e tem como objetivo promover o desenvolvimento econômico e capacitação profissional nas comunidades pesqueiras da região.

A embarcação foi construída pela turma de Carpintaria Naval do projeto, em parceria com o Instituto Federal do Rio de Janeiro (IFRJ) e o Projeto Educação Ambiental. A cerimônia de entrega acontecerá na Associação de Pescadores Artesanais da Praia da Baleia, localizada na rua Praia da Baleia, nº 22, das 10h às 12h.

O Projeto Novos Mestres atua em quatro municípios da Região dos Lagos: Saquarema, Araruama, Cabo Frio e . Ele recebe recursos do Projeto Educação Ambiental, que é parte de uma medida compensatória firmada por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), conduzido pelo Ministério Público Federal/RJ, com a participação da empresa PRIO.

O gerente de projetos do Instituto Onda Azul, Ricardo Farias, destaca a importância do Projeto Novos Mestres não apenas na construção das embarcações, mas também no resgate da autoestima das comunidades pesqueiras e no fortalecimento da relação entre economia e tradição. Segundo ele, o trabalho em parceria com a comunidade da Baleia é muito satisfatório, e o barco construído não é apenas um meio de pesca, mas também uma construção coletiva que nasce com um DNA próprio.

Além de São Pedro da Aldeia, o Projeto Novos Mestres já entregou uma embarcação para a comunidade de Saquarema, que já está em atividade, contribuindo para a economia e o orgulho da pesca artesanal. A iniciativa oferece oficinas para construção de uma embarcação em cada comunidade pesqueira até julho de 2024.

O Projeto Educação Ambiental, responsável pelo financiamento do Projeto Novos Mestres, é resultado de um Termo de Ajustamento de Conduta firmado com a empresa PRIO. Esse termo tem como objetivo compensar possíveis impactos ambientais causados pelas atividades da empresa.

A iniciativa do Instituto Onda Azul em parceria com o Projeto Educação Ambiental tem o propósito de promover a preservação ambiental por meio da valorização e capacitação das comunidades pesqueiras. Além de proporcionar a construção das embarcações, o projeto também foca na conscientização sobre a importância da pesca sustentável e na busca por alternativas para a preservação dos ecossistemas marinhos.

O compromisso com o desenvolvimento sustentável da pesca artesanal

O desenvolvimento econômico das comunidades pesqueiras junto à preservação do meio ambiente é uma preocupação constante do Projeto Novos Mestres. Através das oficinas de Carpintaria Naval, os participantes adquirem conhecimentos técnicos e habilidades necessárias para a construção e manutenção das embarcações.

Além disso, o projeto também fortalece a autoestima dos pescadores e pescadoras, valorizando a cultura e as tradições locais. A pesca artesanal é uma atividade milenar que desempenha um papel fundamental na economia e na identidade das comunidades litorâneas.

Ao promover a construção de embarcações próprias, o Projeto Novos Mestres contribui para a autonomia das comunidades pesqueiras, reduzindo a dependência de barcos trazidos de outras regiões. Isso fortalece a economia local e permite que os pescadores e pescadoras tenham maior controle sobre seu trabalho e sua produção.

A importância da pesca artesanal para a preservação dos ecossistemas marinhos

A pesca artesanal desempenha um papel essencial na preservação dos ecossistemas marinhos. Ao contrário da pesca industrial, que utiliza técnicas e equipamentos mais agressivos, a pesca artesanal é focada na sustentabilidade e no respeito aos recursos naturais.

Os pescadores artesanais conhecem bem o ambiente em que atuam e possuem um conhecimento tradicional sobre as espécies marinhas e seu ciclo de vida. Isso permite que eles adotem práticas de pesca seletiva, evitando a captura de espécies ameaçadas ou em período de reprodução.

Além disso, a pesca artesanal contribui para a manutenção da biodiversidade marinha. A atividade é realizada em pequena escala, o que diminui seu impacto sobre os ecossistemas. Ao evitar a sobrepesca e a destruição de habitats costeiros, os pescadores artesanais colaboram para a preservação de peixes, crustáceos e outras espécies marinhas.

O Projeto Novos Mestres, em parceria com o Projeto Educação Ambiental, busca conscientizar a população sobre a importância da pesca sustentável e incentivar práticas de preservação dos recursos marinhos. A construção das embarcações é apenas uma das ações realizadas pelos projetos para promover o desenvolvimento econômico e social das comunidades pesqueiras, sempre com foco na sustentabilidade ambiental.

**Imagem 1**

**Imagem 2**

**Imagem 3**

**Imagem 4**

**Imagem 5**

**Imagem 6**

**Imagem 7**

**Imagem 8**

**Imagem 9**

**Imagem 10**

**Imagem 11**

**Imagem 12**

**Imagem 13**

**Imagem 14**

**Imagem 15**

**Imagem 16**

**Imagem 17**

**Imagem 18**

**Imagem 19**

**Imagem 20**

**Imagem 21**

**Imagem 22**

**Imagem 23**

**Imagem 24**

**Imagem 25**

**Imagem 26**

**Imagem 27**

**Imagem 28**

**Imagem 29**

**Imagem 30**

**Imagem 31**

**Imagem 32**

**Imagem 33**

**Imagem 34**

**Imagem 35**

**Imagem 36**

**Imagem 37**

**Imagem 38**

**Imagem 39**

**Imagem 40**

**Imagem 41**

**Imagem 42**

**Imagem 43**

**Imagem 44**

**Imagem 45**

**Imagem 46**

**Imagem 47**

**Imagem 48**

**Imagem 49**

**Imagem 50**

Fonte da Notícia: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]