Homem em Cabo Frio necessita de atendimento médico após ser picado por cobra

spot_img

Homem é internado após ser picado por cobra em

Um homem foi parar no hospital após ser picado por uma cobra corre-campo em . O incidente ocorreu na tarde desta quarta-feira (17), na Rua Peixe Agulha, no bairro do Peró. Mesmo ferido, a vítima conseguiu capturar o réptil e colocá-lo em um recipiente.

Após receberem o chamado, agentes da Guarda Marítima e Ambiental da cidade foram até a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle para recolher o animal. O recipiente com a cobra foi recolhido no local e posteriormente o animal foi levado de volta ao seu habitat natural. A vítima recebeu atendimento médico e foi liberada.

A cobra corre-campo, também conhecida como Philodryas, não é venenosa. No entanto, quando ameaçada ou encurralada, pode se tornar agressiva e dar mordidas.

É importante ressaltar que a picada de cobras pode ser perigosa e levar a complicações de saúde, mesmo quando o animal não é venenoso. Recomenda-se que, em casos de picada, a vítima procure imediatamente atendimento médico para avaliação e tratamento adequados.

A cidade de Cabo Frio, localizada na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, é conhecida por sua beleza natural e atrações turísticas. No entanto, como em qualquer região com presença de vida selvagem, é importante que os moradores e visitantes estejam cientes dos possíveis riscos e saibam como agir em situações como essa.

A captura e remoção adequada do animal, como ocorreu nesse caso, são essenciais para evitar acidentes futuros e garantir a segurança da população. Por isso, é fundamental acionar os órgãos competentes sempre que houver a presença de animais peçonhentos em áreas urbanas.

Além disso, é válido ressaltar a importância de se preservar o habitat natural dessas espécies. A invasão e destruição de seus ambientes naturais são fatores que contribuem para o aumento do contato entre humanos e animais peçonhentos.

É fundamental que as autoridades e a população trabalhem juntas na conscientização e adoção de medidas preventivas para garantir a convivência harmoniosa entre seres humanos e animais selvagens. Esse é um trabalho contínuo que visa a preservação da biodiversidade e a segurança de todos.

Portanto, diante de situações envolvendo animais peçonhentos, como picadas de cobras, é fundamental seguir as orientações das autoridades competentes e sempre buscar assistência médica adequada. O conhecimento sobre os riscos e as medidas de prevenção é fundamental para evitar acidentes e garantir a saúde e o bem-estar de todos.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]