Helicóptero da Saúde do Rio leva bebês de Cabo Frio para Niterói

spot_img

Transferência de recém-nascidos de para Niterói mobiliza helicóptero da SES

Na última terça-feira (22), dois bebês recém-nascidos foram transferidos de para Niterói em um helicóptero da Secretaria Estadual de Saúde (SES). As informações iniciais indicam que os bebês necessitaram da transferência devido a uma possível pneumonia, porém, essa informação ainda não foi confirmada oficialmente.

A operação de transferência ocorreu no campo de futebol em frente à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle, e precisou do auxílio da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU) da Guarda Municipal para garantir a segurança do local de pouso e decolagem do helicóptero.

As transferências foram realizadas durante a manhã e à tarde do mesmo dia. Ainda não há informações sobre o estado de saúde atual dos bebês.

Essa transferência de emergência ressalta a importância de contar com helicópteros para auxiliar no transporte rápido de pacientes em situações críticas. A utilização de aeronaves permite reduzir o tempo de deslocamento, o que pode fazer toda a diferença na sobrevida de um paciente.

Nesse sentido, é fundamental garantir a disponibilidade de recursos aéreos e terrestres de resgate em todas as regiões do país, especialmente em áreas mais afastadas dos grandes centros urbanos. A prontidão é essencial para garantir assistência rápida e eficiente em casos de urgência e emergência médica.

Além disso, é necessário investir constantemente na capacitação das equipes médicas envolvidas nesses resgates. O treinamento especializado é fundamental para lidar com situações de alto risco, garantindo a segurança tanto dos pacientes quanto dos profissionais de saúde.

É importante ressaltar ainda a importância da prevenção de doenças, especialmente em recém-nascidos. A pneumonia, por exemplo, pode ser evitada com medidas simples, como a vacinação correta e o cuidado com a higiene do ambiente onde o bebê está.

Portanto, é fundamental que as autoridades de saúde promovam campanhas de conscientização e ofereçam suporte adequado às famílias, para que possam garantir a saúde e o bem-estar dos seus filhos desde os primeiros dias de vida.

Em suma, a transferência de recém-nascidos de Cabo Frio para Niterói por meio de um helicóptero da SES ressalta a importância de contar com recursos ágeis e eficientes para garantir o transporte de pacientes em situações críticas. Além disso, reforça a necessidade de investir em prevenção e conscientização, visando evitar doenças que podem ser evitadas. A saúde e o bem-estar dos recém-nascidos devem ser prioridades em todas as regiões do país.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]