Guarda Ambiental de Saquarema salva serpentes venenosas no fim de semana

Agentes da Guarda Ambiental de Saquarema resgatam cobra-coral em Itaúna e jiboia no bairro Areal

Guarda Ambiental de resgata cobra-coral e jiboia no fim de semana

No último final de semana, agentes da Guarda Ambiental de resgataram dois animais no município. Na sexta-feira (17), foi resgatada uma cobra-coral que estava dentro de uma residência em Itaúna. Já no domingo (19), uma jiboia foi resgatada no bairro Areal.

A cobra-coral resgatada em Itaúna era um macho adulto, medindo 93cm, da espécie Micrurus aníbal. Essa espécie foi identificada recentemente no Brasil por cientistas, a partir de uma serpente capturada em Saquarema. Apesar de não ser endêmica, ela pode ser encontrada na região serrana com florestas mais densas e na vegetação típica de restinga.

No bairro Areal, a Guarda Ambiental foi acionada pela equipe do evento Aloha Spirit para resgatar uma jiboia. Após checarem a saúde dos animais, os agentes os reinseriram em uma área de reserva ambiental no município.

As cobras têm uma função importante no ecossistema, contribuindo para o controle da superpopulação de animais transmissores de doenças, como os ratos. No entanto, é essencial não manipular animais silvestres, pois o contato pode ser prejudicial à saúde.

A cobra-coral, apesar de apresentar comportamento pacífico e fugir de possíveis predadores, possui um veneno poderoso que pode levar à morte. Seu nome foi dado em homenagem ao pesquisador uruguaio Aníbal Gimenez, seu descobridor.

A jiboia é um réptil da família Boidae, que não possui veneno e mata suas presas por constrição. No Brasil, existem duas subespécies de jiboia, sendo a segunda maior serpente do país, perdendo apenas para a sucuri e podendo chegar a medir até 4 metros de comprimento.

A Secretaria de Segurança, por meio da Guarda Ambiental, alerta à população sobre a importância de acionar a guarda ao identificar animais silvestres em situação de risco. Em caso de avistamento de cobras, é recomendado manter o afastamento, isolar a área e entrar em contato pelos telefones (22) 99279-0540 ou pelo e-mail guardaambiental@saquarema.rj.gov.br.

Reforçando a importância ecológica das cobras, a guarda ambiental destaca seu papel no controle da população de animais transmissores de doenças. Além disso, é fundamental lembrar que a manipulação de cobras e outros animais silvestres sem a correta avaliação de seu estado sanitário pode ser prejudicial à saúde.

É necessário conscientizar a população sobre a importância de preservar a fauna e flora local, garantindo a segurança tanto dos animais quanto das pessoas. O contato com animais silvestres deve ser feito de forma responsável e respeitando as normas de preservação ambiental.

A Guarda Ambiental de Saquarema realiza um importante trabalho de resgate e proteção da fauna local. A população pode contribuir acionando a guarda em caso de animais silvestres em situação de perigo, garantindo que esses animais sejam tratados adequadamente e devolvidos ao seu habitat natural.

Essas ações de resgate são essenciais para a preservação da vida selvagem e para a manutenção do equilíbrio dos ecossistemas. É preciso valorizar e apoiar o trabalho das equipe responsáveis pela proteção da fauna e flora em Saquarema.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]