Firjan SENAI estreia unidades móveis de cursos gratuitos em Cabo Frio

spot_img

Firjan SENAI expande oferta de cursos gratuitos na Região dos Lagos

A Firjan SENAI (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) está reforçando sua atuação na Região dos Lagos, no Rio de Janeiro, com a oferta de cursos gratuitos de qualificação profissional. Nesta quarta-feira (13), duas unidades móveis da Escola Firjan SENAI foram inauguradas na cidade de , no Colégio Estadual Miguel Couto, onde serão abertas turmas em cinco áreas de formação. A medida faz parte do planejamento da federação para expandir seus serviços na região e atender a demanda por qualificação de mão de obra.

As unidades móveis terão capacidade para oferecer mais de 300 vagas ao longo de 2024. Essa iniciativa é resultado de um acordo de cooperação técnica entre a Firjan e a Secretaria Estadual de Educação. A oferta de cursos gratuitos é uma resposta à demanda local por ações que promovam a qualificação profissional. Os cursos oferecidos serão de Operador de Computador, Assistente Administrativo, Assistente de Logística, Padeiro e Confeiteiro.

A inauguração das unidades móveis contou com a presença de gestores da Firjan, profissionais da área de educação, alunos e membros da comunidade. O 1º vice-presidente da Firjan, Luiz Césio Caetano, ressaltou a importância dessas unidades móveis para os estudantes, que terão a oportunidade de se profissionalizar ao mesmo tempo em que cursam o ensino regular. Os cursos da Firjan SENAI são reconhecidos e valorizados no mercado de trabalho.

Além disso, Luiz Césio Caetano anunciou a construção de uma nova unidade Firjan SENAI SESI no município de São Pedro da Aldeia, prevista para ser inaugurada ainda no primeiro semestre. Essa unidade fixa terá 3 mil m² e oferecerá um programa de formação de mão de obra para atender às demandas da sociedade e da indústria.

A presidente da Firjan Leste Fluminense, Ricardo Fernando Guadagnin, destacou que as unidades móveis são uma oportunidade incrível para a mobilidade social, o fortalecimento da economia regional e a geração de renda para a Região dos Lagos. A iniciativa também conta com o apoio do Sindicato da Indústria de Panificação de Niterói e Região (Sindpanific), que ressalta a importância do investimento na formação profissional para o setor.

As primeiras turmas começaram as aulas nesta quarta-feira, atendendo a 83 alunos, entre estudantes do Colégio Estadual Miguel Couto e moradores das comunidades do entorno. A diretora da escola, Stefânia Antunes, ressaltou a importância desses cursos para os alunos, que terão suas vidas transformadas pela oportunidade de se tornarem profissionais qualificados.

Entre os inscritos para os cursos, há jovens e adultos da comunidade local em busca de uma primeira formação técnica, conhecimento para uma segunda ocupação ou até mesmo a possibilidade de mudar de profissão. É o caso da professora de Filosofia, Silvia Helena Cardoso, de 52 anos, que descobriu na panificação uma nova paixão e decidiu se especializar para transformá-la em fonte de renda.

Novas turmas serão abertas no mês de junho, e os interessados já podem fazer o cadastro reserva para as próximas vagas. As inscrições são feitas de forma presencial nas unidades móveis. Essa iniciativa da Firjan SENAI contribui para a formação de mão de obra qualificada e o desenvolvimento socioeconômico da Região dos Lagos.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]