Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Especialista em crianças dá dicas para aliviar o calor dos bebês

calor bebês

Como amenizar a sensação de calor nos bebês

Os cuidados com o calor na vida dos bebês

Com a chegada das altas temperaturas, é comum que pais e responsáveis fiquem preocupados em saber como amenizar o calor nos bebês, garantindo o conforto e a saúde dos pequenos. Para ajudar a esclarecer algumas dúvidas e desmistificar certos mitos, consultamos a pediatra Ana Paula Sakamoto, do Hospital Edmundo Vasconcelos, que selecionou algumas situações comuns que podem gerar questionamentos entre os adultos.

A primeira questão abordada pela especialista é a diferença na sensação térmica entre os recém-nascidos e os adultos. Embora os bebês sintam um pouco mais de frio, não é necessário exagerar no agasalho, principalmente durante os períodos mais quentes do ano. Agasalhar demais pode causar desconforto e superaquecimento, e alguns sinais como bochechas vermelhas, cabelos molhados, irritação e choro podem indicar que o bebê está desconfortável e com calor.

Equilíbrio é essencial

A questão é: como encontrar o equilíbrio e evitar que o bebê sinta frio ou muito calor? A pediatra sugere uma dica prática: basta vestir o bebê com uma peça a mais do que o adulto está vestindo. Dessa forma, evita-se o risco de agasalhar demais e colocar a criança em perigo de hipertermia e desidratação, especialmente nos primeiros meses de vida.

A utilização do ar-condicionado

Muitas pessoas têm receio de utilizar o ar-condicionado nos quartos dos bebês durante os dias quentes. No entanto, de acordo com a pediatra, o ar-condicionado está liberado, a menos que haja uma contraindicação específica do pediatra. Nesses casos, é preciso seguir as orientações médicas. Caso contrário, recomenda-se manter a temperatura entre 22 e 27 graus, verificando se a criança não está sentindo frio.

É importante também realizar a manutenção e limpeza do aparelho regularmente, além de prestar atenção para não retirar a umidade do ambiente durante a noite, pois isso pode causar problemas respiratórios. Para evitar esse problema, é indicado usar um umidificador no ambiente, ligar o ar-condicionado antes de colocar o bebê para dormir e desligar o aparelho assim que o ambiente estiver resfriado. Além disso, é aconselhável desligar o ar-condicionado pelo menos uma vez ao dia e abrir as portas e janelas para a renovação do ar.

O uso do ventilador

Assim como o ar-condicionado, o uso do ventilador também está liberado, desde que sejam tomados alguns cuidados. É importante manter uma distância entre o aparelho e o bebê, direcionando o vento para o teto ou para uma parede. Além disso, é necessário ter cautela com o tempo de exposição, pois o vento pode causar ressecamento da pele e dos olhos, além de espalhar poeira. Por isso, recomenda-se realizar a limpeza periódica do ventilador, independentemente do modelo utilizado.

Os banhos nos dias quentes

Nos dias muito quentes, é possível aumentar a frequência dos banhos nos bebês, desde que seja necessário. É importante ficar atento a sinais como maior transpiração, diurese intensa e evacuações volumosas, pois indicam a necessidade de um banho extra. Nesses casos, é recomendado dar um segundo banho durante o dia apenas com água, sem usar sabonetes, para evitar o ressecamento excessivo da pele e prevenir o surgimento de lesões cutâneas e brotoejas. Caso seja necessário, também é possível hidratar a pele do bebê após o banho para evitar o ressecamento excessivo.

O cuidado com os bebês durante o calor

É fundamental estar atento aos sinais do bebê e garantir seu conforto e bem-estar durante os dias quentes. Além das dicas mencionadas, é importante manter a hidratação adequada, oferecendo água ou leite materno em intervalos regulares, e evitar a exposição direta ao sol, especialmente nos horários de pico de calor.

Ao lidar com o calor, é preciso ter em mente que cada bebê é único e pode ter necessidades diferentes. Portanto, é fundamental observar as reações e sinais da criança para saber a melhor forma de amenizar o calor e garantir seu bem-estar.

Fonte: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]