Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Cultive no seu jardim 3 flores deliciosas para comer

flores comestíveis

Flor comestível – Um universo de cores e sabores

Com uma grande variedade de cores e sabores, as flores comestíveis têm despertado cada vez mais interesse no universo gastronômico. Além de enriquecer a decoração de pratos, essas flores também podem trazer nutrientes e diversidade para a alimentação diária. No entanto, é importante cultivá-las de maneira orgânica, sem o uso de herbicidas ou pesticidas, para garantir a segurança alimentar.

Cultivar flores comestíveis a partir de sementes é a opção mais segura, pois assim é possível garantir que não haja contaminação por produtos químicos prejudiciais à saúde. Além disso, antes de utilizá-las na comida ou na bebida, é fundamental saber quais partes são consumíveis e quais podem ser nocivas. Algumas flores, por exemplo, possuem toxinas no caule ou no miolo, o que pode ser perigoso para o consumo humano.

No entanto, algumas flores são amplamente consumidas e trazem benefícios tanto para a saúde quanto para a aparência dos pratos. Conheça a seguir três dessas flores comestíveis e saiba como cultivá-las em seu próprio quintal:

1. Begônia:
As begônias são flores exuberantes que podem ser consumidas integralmente. Elas possuem um sabor ácido, semelhante ao limão, e uma textura crocante. As flores inteiras podem ser adicionadas em saladas, por exemplo. Para cultivá-las, é necessário manter o solo levemente úmido, porém nunca encharcado.

2. Borragem:
Considerada uma planta medicinal, a borragem tem seu óleo frequentemente utilizado como suplemento alimentar. Suas flores azuis embelezam qualquer prato e possuem um leve sabor de pepino, sendo especialmente recomendadas para sopas e saladas. No entanto, é importante evitar o consumo dos caules peludos, pois podem ser pouco recomendados. O cultivo da borragem requer luz solar direta e solo enriquecido com matéria orgânica.

3. Calêndula:
A calêndula possui sabor amargo, com um leve toque adocicado ou picante, dependendo da variedade. Ela pode ser utilizada tanto em pratos principais como em saladas. Além disso, a calêndula pode substituir o açafrão, adicionando uma coloração aos pratos. No entanto, seu miolo é indigesto e deve ser removido antes do preparo. Para cultivá-la, é necessário oferecer sol pleno e solo bem drenado.

Incluir flores comestíveis nas refeições pode trazer não apenas um toque estético, mas também uma variedade de sabores e nutrientes. Seja cultivando-as em seu próprio quintal ou adquirindo-as em mercados de produtos orgânicos, é possível aproveitar os benefícios dessas flores na gastronomia.

(Fonte: Guia Região dos Lagos)

Fotos: [Insira a primeira foto utilizando código HTML]

[Insira a descrição da foto]

[Insira a segunda foto utilizando código HTML]

[Insira a descrição da foto]

[Insira a terceira foto utilizando código HTML]

[Insira a descrição da foto]

É possível encontrar diversas receitas que utilizam flores comestíveis, como a calêndula e a dália, para tornar as refeições ainda mais especiais. Experimente incluir essas flores em suas preparações e descubra novos sabores e sensações.

(Texto: [Nome do redator])

Ajude-nos e avalie esta notícia.

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]