Corpo de turista de Minas Gerais é localizado em Arraial do Cabo

spot_img

Corpo de turista mineiro desaparecido é encontrado em Arraial do Cabo

O corpo do turista mineiro Douglas Ribeiro, de 22 anos, foi encontrado na manhã deste sábado (11) nas proximidades da Ilha do Farol, em . A vítima havia desaparecido no mar no dia 27 de abril, após cair das pedras do Pontal do Atalaia e ser arrastado por uma onda.

As informações foram confirmadas pela prefeitura de . A localização do corpo foi possível graças ao trabalho da equipe formada por Jorginho mergulhador, especialista em operações de salvamento em afogamentos do SOS Resgate. Conforme informações, Jorginho recebeu um chamado de Carlos, um pescador local que estava no mar aguardando o nevoeiro baixar, informando a presença de um corpo boiando na região.

Ainda segundo Jorginho, após a chegada da equipe, o corpo foi identificado pela família de Douglas, confirmando a identidade do jovem. O Sargento Carlos de Melo, também presente no local, acompanhou o resgate e a remoção do corpo, que foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Cabo Frio.

Buscas encerradas

A vítima sofreu uma queda no mar, das pedras do Pontal do Atalaia, e foi arrastado por uma onda no sábado, dia 27 de abril. As buscas oficiais haviam sido encerradas. Durante 10 dias, o trabalho realizado envolveu agentes do Grupamento Operacional Ambiental e Marítimo (GOPAM), com o apoio da equipe SOS de resgate especializado e Corpo de Bombeiros.


A cidade de Arraial do Cabo é conhecida por suas belas praias e atrai muitos turistas durante o ano. No entanto, é importante ressaltar os cuidados necessários ao aproveitar esses locais. O mar pode ser traiçoeiro e é fundamental estar atento às condições climáticas e aos avisos das autoridades locais.

Infelizmente, casos como o de Douglas Ribeiro reforçam a importância de seguir as orientações de segurança ao se aventurar em atividades próximas ao mar. É essencial respeitar os limites e evitar correr riscos desnecessários, especialmente quando há condições adversas, como ondas fortes ou falta de visibilidade.

Prevenção é fundamental

O afogamento é uma das principais causas de morte por acidentes no Brasil. Por isso, é fundamental seguir algumas medidas de prevenção ao curtir praias e atividades aquáticas:

1. Esteja sempre acompanhado

Evite ir à praia sozinho, especialmente em locais desconhecidos. Ter companhia aumenta a segurança e permite que, em caso de emergência, haja alguém para oferecer ajuda ou buscar socorro.

2. Mantenha-se próximo à costa

Principalmente se não souber nadar bem, evite se afastar demais da praia. Ficar próximo à costa facilita a visualização por salva-vidas e pessoas ao redor, além de diminuir os riscos de se afogar em áreas mais profundas.

3. Observe o mar antes de entrar

Antes de entrar na água, observe as condições do mar. Ondas fortes, correntezas ou ventos intensos podem aumentar o risco de se afogar. Caso as condições estejam desfavoráveis, é recomendado evitar entrar no mar.

Praia de Arraial do Cabo

4. Respeite as sinalizações

Não ignore as sinalizações e bandeiras colocadas nas praias. Elas indicam as condições atuais do mar e alertam sobre possíveis perigos. Siga as orientações e evite áreas restritas.

5. Esteja preparado

Mesmo com todos os cuidados, acidentes podem acontecer. Por isso, esteja preparado para agir em caso de emergência. É importante saber realizar os primeiros socorros básicos e conhecer as medidas necessárias para ajudar alguém em caso de afogamento.

A Prefeitura de Arraial do Cabo reforça a importância de seguir todas as orientações de segurança e respeitar as condições do mar e das praias. Evite correr riscos e aproveite as belezas naturais com responsabilidade.

Conclusão

O corpo do turista mineiro Douglas Ribeiro foi encontrado nas proximidades da Ilha do Farol, em Arraial do Cabo. Após dez dias de buscas, ele foi localizado por uma equipe especializada em resgate. Casos como esse reforçam a importância de seguir medidas de segurança ao aproveitar o mar e as praias, como estar sempre acompanhado, ficar próximo à costa e observar as condições do mar antes de entrar na água. A prevenção é fundamental para evitar acidentes e garantir a diversão de todos.

Fonte da Notícia: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]