Confusão em reunião pública de Araruama gera repercussão na sessão da Câmara — Notícias Araruama

spot_img

Confusão em audiência pública de repercute na sessão da Câmara nesta terça (5)

A Audiência Pública que aconteceu na última segunda-feira (4) na Câmara Municipal de continua gerando bastante repercussão, não só nas redes sociais, mas também na sessão do legislativo desta terça-feira (5). O assunto em questão foi uma proposta enviada pela prefeita Lívia de Chiquinho (REP) que abriria brecha na Lei Orçamentária Anual (LOA) 2024, permitindo que ela contraísse empréstimos utilizando como garantia receitas futuras do município.

No entanto, a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) estabelece que um chefe de executivo em seu último ano de mandato não pode pegar verba emprestada. Essa questão começou a ser debatida durante a audiência pública, gerando um tumulto na assistência que quase resultou em uma confusão generalizada, envolvendo até mesmo a vereadora Penha Bernardes (PL), que está grávida de nove meses e quase foi agredida.

O militar reformado Sharles Class, que fazia parte do grupo do ex-prefeito Chiquinho da Educação, começou a fazer escândalo e a ameaçar a vereadora Penha Bernardes. Para evitar um confronto, o vereador Oliveira da Guarda (MDB), marido de Penha, teve que intervir e defender a parlamentar. A situação ficou tão tensa que o presidente da Câmara, vereador Nelsinho do Som (PODE), decidiu encerrar a audiência por questões de segurança.

Penha Bernardes lamentou o ocorrido, destacando a importância da Audiência Pública para discutir o futuro da cidade. Ela também compartilhou um documento que comprova a convocação da prefeita para a audiência pública. Segundo Penha, as redes sociais foram palco para a divulgação dos acontecimentos lamentáveis que impediram o debate sobre a Lei Orçamentária.

Já o vereador Oliveira da Guarda também falou sobre o incidente, destacando que o indivíduo que causou a confusão é ligado ao ex-prefeito Chiquinho da Educação e que já havia ameaçado sua esposa em outras ocasiões. Além disso, Oliveira rebateu as acusações de ameaça de morte feitas pelo jornalista Rafael Pereira, afirmando que registrou um boletim de ocorrência e solicitou as filmagens das câmeras para provar sua inocência.

A sessão da Câmara Municipal de Araruama foi marcada por um clima tenso, com discussões acaloradas e acusações de todos os lados. O presidente da Casa, vereador Nelsinho do Som, lamentou a interrupção da audiência e afirmou que medidas de segurança serão tomadas para evitar novos incidentes.

É importante destacar que a Audiência Pública sobre a Lei Orçamentária é um momento crucial para discutir o futuro da cidade e garantir a transparência na gestão dos recursos públicos. A população de Araruama espera que as autoridades encontrem uma solução para essa situação e que o debate sobre a LOA possa ser retomado em breve.

Imagem 1: [Inserir descrição aqui]

Imagem 2: [Inserir descrição aqui]

Fonte das imagens: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]