Centro de Monitoramento da Defesa Civil de Macaé se torna destaque na região

A finalidade é ter dados cada vez mais precisos, principalmente em época de chuvas

Macaé: Centro de Monitoramento da Defesa Civil se consolida como referência

O início do ano foi marcado por dias ensolarados e altas temperaturas na região. Contudo, uma reviravolta no clima ocorreu com a chegada de uma frente fria, trazendo chuvas e uma atmosfera mais amena. A Secretaria Adjunta de Defesa Civil de , atenta às mudanças, realiza avaliações diárias da previsão do tempo, com especial atenção aos relatórios do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet).

Desde setembro de 2023, um avanço significativo fortaleceu esse processo: o Centro de Monitoramento e Operações (CMO). Fruto de uma parceria entre a Prefeitura de , a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e a Universidade Estadual do Norte Fluminense (UENF), o CMO trouxe automação em telemetria com estações meteorológicas instaladas em escolas municipais.

Inauguração do Centro de Monitoramento da Defesa Civil. Realizada na sede da Secretaria Adjunta de Defesa Civil. Data 19/09/2023. Macaé – RJ – Brasil

O CMO, situado na sede da Defesa Civil em Novo Botafogo, recebe dados das estações, registrando desde então 297 ocorrências. O Secretário Adjunto de Defesa Civil, Joseferson de Jesus Florencio, destaca a importância do CMO. “É um instrumento de muita importância, porque usamos cada vez mais a tecnologia e a inovação. Conseguimos, de maneira organizada, articular ações de prevenção e resposta”, explicou.

O objetivo do projeto é aprimorar o sistema de monitoramento, alerta e alarme da Defesa Civil, integrando a rede escolar na política de proteção. A iniciativa envolve profissionais e alunos na cooperação técnica e científica para análise de dados, geoprocessamento e adequação dos modelos às necessidades da Defesa Civil.

A integração do Centro de Monitoramento visa atingir as metas da Agenda 2030 da ONU, do Marco de Sendai para Redução de Riscos de Desastres 2015-2030 e da Política Nacional de Proteção e Defesa Civil. Além disso, busca apoiar projetos de geração de negócios tecnológicos no ecossistema de inovação local.

Joseferson enfatiza o sucesso do projeto, tornando-se referência para outras localidades. “O Centro de Monitoramento e Operações tem sido um sucesso e é um exemplo inovador. Já apresentamos o CMO em capitais como Belo Horizonte e Fortaleza”, disse.

A Defesa Civil, operando 24 horas por dia, está acessível em situações de emergência pelo telefone 199. Uma novidade é a comunicação via WhatsApp, pelo número (22) 99103-4275, oferecendo mais uma opção à população para manter contato e receber informações importantes.

Fonte da Notícia: Plantão Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]