Cabo Frio: Empresário resgata cultura de malhar o Judas no Sábado de Aleluia após saber que funcionários desconheciam tradição

Empresário resgata cultura de malhar o Judas no Sábado de Aleluia após saber que funcionários desconheciam tradição

Empresário resgata a cultura da malhação do Judas no Sábado de Aleluia após funcionários desconhecerem tradição

A tradição da malhação do Judas no Sábado de Aleluia, que representa a figura bíblica de Judas Iscariotes, tem perdido força no estado do Rio de Janeiro. A falta de conhecimento sobre essa prática por parte dos funcionários de um empresário em , na Região dos Lagos, despertou nele o desejo de resgatar essa tradição.

Rodrigo Mello, o empresário em questão, percebeu que muitos de seus funcionários, que têm menos de 25 anos, não faziam ideia do que era a malhação do Judas. Diante dessa surpresa, ele decidiu envolver os funcionários na brincadeira e resgatar a tradição.

Para isso, ele colocou um boneco do Judas em frente ao seu bar em e estimulou o público a tirar fotos e marcar um amigo como “Judas”. O boneco ficou exposto durante a semana e foi retirado no sábado de Aleluia. Rodrigo espera que essa brincadeira tenha despertado a curiosidade sobre a tradição e contribuído para mantê-la viva.

A malhação do Judas é uma tradição trazida pelos portugueses e espanhóis para a América Latina. Ela acontece durante a Semana Santa, mais especificamente no sábado de Aleluia. Em algumas cidades, os bonecos do Judas são queimados como uma forma de ritual para obter bons resultados na colheita.

O boneco de Judas representa o personagem bíblico que traiu Jesus Cristo com um beijo por 30 moedas. Antes de morrer enforcado, de acordo com a tradição, o boneco precisa ser malhado e xingado, caracterizando a vingança dos católicos pela traição de Judas.

Para Rodrigo, resgatar essas tradições populares é importante, pois elas fizeram parte de sua infância e hoje estão cada vez mais raras. Ele espera que essa iniciativa contribua para manter viva a cultura da malhação do Judas, que é uma parte importante do patrimônio cultural brasileiro.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]