Araruama: Prefeitura de Araruama realizará Dia de Ação contra a dengue em Parati

Combate à dengue: Prefeitura de Araruama vai promover Dia D na localidade de Parati | Araruama

Dia D de combate à dengue em Araruama mobiliza autoridades e população

No próximo dia 15 de março, a Prefeitura de , em parceria com as Secretarias de Saúde e de Obras, promoverá mais uma ação importante no combate à dengue no município. O evento, conhecido como Dia D, acontecerá na localidade de Parati, das 9h às 16h, e contará com a participação de agentes de saúde e profissionais da Secretaria de Obras.

A campanha tem como objetivo conscientizar a população sobre a importância de adotar medidas para eliminar os possíveis criadouros do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, chikungunya e zika. Além disso, os agentes de saúde oferecerão orientações sobre como combater o mosquito e evitar possíveis doenças.

A iniciativa incluirá a verificação e a eliminação de criadouros, como pneus, calhas e pratos utilizados para suporte de plantas. Nos locais onde já foram identificados focos e larvas do mosquito, será realizada a pulverização com inseticidas, garantindo uma ação efetiva de combate.

Os profissionais da Secretaria de Obras também estarão presentes, realizando um trabalho de limpeza e retirada de entulhos e lixos dos quintais. Esses materiais, se acumulados de forma inadequada, podem se transformar em criadouros do Aedes aegypti, contribuindo para a proliferação do mosquito.

Mobilização da população

A participação da população é fundamental para o sucesso da campanha de combate à dengue em . É importante que cada morador esteja atento aos possíveis criadouros do mosquito em sua residência e adote medidas para eliminá-los.

Além disso, é essencial que a conscientização sobre a gravidade da dengue e outras doenças transmitidas pelo Aedes aegypti seja disseminada entre amigos, familiares e vizinhos. Informar as pessoas sobre os riscos e as formas de prevenção é uma forma efetiva de combater a doença em toda a comunidade.

Outro ponto importante é a atenção especial dedicada aos cuidados com a água parada, um ambiente propício para a reprodução do mosquito. É necessário evitar o acúmulo de água em recipientes como garrafas, pneus, vasos de plantas e outros objetos que possam se tornar criadouros.

Além disso, é fundamental proteger-se contra a picada do mosquito, utilizando repelentes e roupas adequadas, principalmente nos horários de maior atividade do Aedes aegypti, que são o início da manhã e o final da tarde.

O perigo da dengue, chikungunya e zika

É importante ressaltar que a dengue, além de ser uma doença grave, pode evoluir para formas mais severas, como a dengue hemorrágica, que pode levar à morte. Além disso, o mosquito Aedes aegypti também é transmissor da chikungunya e zika, duas doenças que também apresentam riscos à saúde.

A chikungunya causa sintomas semelhantes aos da dengue, como febre alta, dor nas articulações e erupções cutâneas. Já o vírus zika pode causar complicações neurológicas, como a síndrome de Guillain-Barré, além de estar associado ao surgimento de casos de microcefalia em bebês de mães infectadas durante a gestação.

Por isso, é fundamental que a população esteja atenta aos sinais e sintomas dessas doenças e busque atendimento médico assim que apresentar qualquer alteração em sua saúde.

A campanha de combate à dengue em Araruama é uma ação essencial para a proteção da população e a prevenção de epidemias. A participação de todos é fundamental para garantir um ambiente seguro e livre do mosquito transmissor. Faça sua parte e ajude a combater a dengue!

Galeria de imagens

Fonte da Notícia: Plantão Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]