Rússia envia nave Progress para abastecimento da ISS

União Europeia vai impedir dona do Facebook de usar dados pessoais em anúncios - 06/12/2022

Rússia realiza lançamento bem-sucedido de nave para reabastecimento da Estação Espacial Internacional

Nesta quinta-feira (15), a Rússia lançou com sucesso uma nave de reabastecimento para a Estação Espacial Internacional (ISS), em um dos raros projetos de cooperação entre Rússia e Estados Unidos que continua em andamento, apesar das tensões entre os dois países devido à guerra na Ucrânia.

O lançamento da nave Progress MS-26 foi realizado a partir do cosmódromo de Baikonur, no Cazaquistão, utilizando o foguete Soyuz-2.1a. A Agência Espacial Russa divulgou um vídeo do momento do lançamento em seu canal no Telegram.

Após ter entrado em órbita com sucesso, a nave Progress MS-26 tem previsão de se acoplar à Estação Espacial Internacional no sábado (17), de acordo com a agência.

A Estação Espacial Internacional é um projeto de cooperação internacional que envolve os Estados Unidos, a Rússia, o Canadá, o Japão e diversos países da Europa. Ela serve como uma base para pesquisas científicas e experimentos em ambiente de microgravidade.

A nave Progress é um veículo de carga não tripulado, utilizado para transportar suprimentos essenciais, como alimentos, combustível e equipamentos, para a tripulação que está a bordo da Estação Espacial Internacional. Além disso, a nave também pode levar experimentos científicos e materiais de descarte de volta à Terra.

A Rússia é um dos principais parceiros da NASA no programa da Estação Espacial Internacional. Apesar das tensões políticas, as duas nações têm mantido a colaboração nesse projeto espacial, que já está em funcionamento há mais de 20 anos.

A continuidade da cooperação espacial entre Rússia e Estados Unidos é vista como um sinal de que mesmo em meio a conflitos políticos, a exploração do espaço é um campo em que a colaboração internacional prevalece. Além disso, a Estação Espacial Internacional é um exemplo da capacidade da humanidade de trabalhar em conjunto em prol da ciência e da exploração espacial.

Desde o lançamento da primeira nave Progress, em 1978, a Rússia vem aprimorando essa tecnologia e desenvolvendo novas versões da nave para suprir as necessidades da Estação Espacial Internacional. Atualmente, a nave Progress MS é a mais recente versão em operação, garantindo o abastecimento da estação de forma confiável e segura.

Os lançamentos de naves de reabastecimento, como a Progress MS-26, são fundamentais para garantir a continuidade das atividades da tripulação da Estação Espacial Internacional. Ao fornecer suprimentos essenciais e manter a estação em pleno funcionamento, as naves Progress desempenham um papel fundamental na missão de explorar e estudar o espaço.

A Rússia e os Estados Unidos são potências espaciais que têm contribuído significativamente para o avanço da exploração espacial. Apesar das tensões geopolíticas, a cooperação espacial entre esses dois países continua a prosperar, demonstrando o potencial da colaboração internacional em benefício da ciência e da humanidade.

Imagem 1: [Insira aqui a descrição da imagem 1]

Imagem 1

Imagem 2: [Insira aqui a descrição da imagem 2]

Imagem 2

Imagem 3: [Insira aqui a descrição da imagem 3]

Imagem 3

Imagem 4: [Insira aqui a descrição da imagem 4]

Imagem 4
Ajude-nos e avalie esta notícia.
Picture of Felipe Rabello

Felipe Rabello

Felipe é um dos editores do Guia Região dos Lagos.

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]