Prefeito de Maricá faz vistoria nas obras da cidade

Prefeito de Maricá visita obras da cidade

: Prefeito de visita obras da cidade

O Prefeito de Maricá, Fabiano Horta, percorreu na manhã de sábado, 09/03, vários pontos da cidade para acompanhar o andamento das ações que estão sendo realizadas pelas equipes da Serviços de Obras de Maricá (Somar), como o ginásio poliesportivo municipal, em Inoã, e a base da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Itaipuaçu.

Ao lado do secretário de Esporte e Lazer, Filipe Bittencourt, Horta falou sobre o desafio de entregar o novo espaço de encontros até o mês de maio.

“Essa estrutura requer muito esforço, muito tempo, mas estamos com equipes dobradas para conseguirmos concluir esse serviço de concretagem de fundação no final de março. A instalação do nosso domus desse ginásio lindo, com arquibancada e piso de taco completamente funcional para diversas práticas esportivas, levará 40 dias para ser instalado. Então, está correndo a partir de hoje, um desafio para nós, de entregar esse ginásio municipal no aniversário da cidade, será um grande ganho para a comunidade de Inoã”, disse Fabiano.

“Todo o treinamento do Maricá Cidade Olímpica e jogos das equipes vão ser aqui. Teremos horários para a utilização dos moradores em geral, embora o ginásio seja prioritariamente para o alto rendimento. Isso melhora muito o trabalho com os atletas de alto rendimento e a gente vai poder jogar competições oficiais na cidade”, declarou o secretário de Esporte, Filipe Bittencourt, adiantando que o espaço vai ter quatro quadras de basquete 3×3, um domo para bocha paralímpica e duas quadras de vôlei de praia.

Diretor de obras diretas e engenheiro civil da Somar, Jorge Heleno da Silva, falou sobre o diferencial do espaço.

“Está na parte da execução de uma grande estrutura que é do domo da arena de esportes, mais a integração de todas as partes da praça, o arruamento e consiste também na resolução do problema que atinge o bairro que é um problema de drenagem, a ampliação de escolas, ou seja, é um trabalho integrado de todas as secretarias”, explicou.

Itaipuaçu ganha base da Defesa Civil

Na base da Defesa Civil de Itaipuaçu, uma casa adquirida pela prefeitura, localizada na Orla, o prefeito Fabiano Horta falou sobre a otimização do atendimento no 3º distrito.

“Nós vamos ter aqui um conjunto de serviços que agora vão ser diretamente feitos e baseados em Itaipuaçu e vamos ter agregado conosco o Proeis Bombeiro com toda a sua estrutura de ambulâncias e autocarga de salvamento, para que a gente possa ter respostas muito mais eficientes e eficazes para a população desse distrito tão grande, que merece muita atenção”, pontuou o prefeito.

Secretário de Defesa Civil, Fabricio Bittencourt completou.

“Não existia base em Itaipuaçu, mas agora teremos uma base com novos serviços que são prevenção, incêndio, vegetação, o grupamento vai ficar baseado aqui, serviço de vistoria prévia e técnica e o serviço de salvamento marítimo de Itaipuaçu com viatura, embarcação, vai ficar tudo baseado aqui. Ninguém vai mais para Maricá assumir serviço, vai assumir aqui em Itaipuaçu direto, porque minimiza os problemas e o melhor atendimento, o tempo resposta para a população. E o Proeis bombeiro na parte de trás. São oito bombeiros por dia com duas viaturas, um auto busca e salvamento com a viatura de incêndio e uma ambulância, tudo baseado aqui 24 horas”, contou.

Moradores precisam contribuir na luta contra a dengue

De lá, o prefeito seguiu para o polo de atendimento da dengue, localizado na Rua 34 com Rua 52, onde, ao lado da enfermeira chefe e do coordenador do espaço, Fabiano falou sobre o assunto mais preocupante do momento, ao lado do secretário de governo, João Maurício de Freitas.

“Quem mora em Itaipuaçu e Inoã, em casos suspeitos de dengue, deve procurar a estrutura do polo. Não é para procurar o Santa Rita, nem a UPA. Aqui você vai fazer o teste para dengue, vai ser medicado e encaminhado conforme a sua necessidade. Divulga para todo mundo nos grupos da família, fala com as pessoas, porque é importante a gente fazer esse fluxo correto de procura no tratamento da dengue é fundamental. O cuidado de sempre, olhar os nossos quintais, acabar com o foco de mosquitos, fazer o contato com o nosso clube da ouvidoria, 156, para terreno público que está com foco de dengue, para a gente poder combater. Essa é uma luta de todos e a gente espera contar com a colaboração de cada maricaense para que a gente vença esse meses de abril e maio, que tem um apontamento de subida dos casos”, orientou Fabiano.

Fonte da Notícia: Plantão Guia Região dos Lagos

Imagem 1: ginásio poliesportivo municipal

Imagem 2: base da Secretaria de Proteção e Defesa Civil de Itaipuaçu

Imagem 3: atendimento da dengue

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Picture of Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]