Menu

> Cidades

[wilcity_quick_search_form_shortcode]

Maricá: falta de doses suspende aplicação da vacina específica

spot_img

Maricá suspende aplicação da vacina monovalente por falta de doses

A Prefeitura de suspendeu temporariamente a aplicação da vacina monovalente contra a Covid-19 devido à falta de doses. O município recebeu um número insuficiente de doses da Secretaria de Estado de Saúde e, por isso, precisou adotar essa medida. A suspensão atinge as pessoas a partir de 12 anos que não se enquadram nos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde. Assim que novas remessas chegarem, a vacinação será retomada para esse grupo.

No momento, a vacina bivalente está sendo aplicada apenas nos grupos prioritários da cidade de , a fim de evitar falta de doses. A vacinação ocorre de segunda a sexta-feira, das 9h às 18h, nas unidades de saúde Jardim Atlântico, Central e São José 2, bem como nas unidades de saúde Marinelândia e Chácara de Inoã, das 9h às 16h. Além disso, às segundas-feiras, das 9h às 16h, é possível receber a vacina na Unidade Móvel de Saúde, localizada no bairro Caxito.

Grupos prioritários da vacinação contra a Covid-19

Seguindo as diretrizes do Ministério da Saúde, a vacinação para algumas faixas etárias e grupos específicos é prioritária. Pessoas com 60 anos ou mais, imunossuprimidos a partir de 12 anos, gestantes, puérperas, indígenas, quilombolas, ribeirinhos, trabalhadores de saúde, residentes em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua receberão a vacina de acordo com os critérios estabelecidos.

Vale ressaltar que algumas pessoas precisam receber a vacina anualmente, como as que fazem parte dos grupos indígenas, quilombolas, ribeirinhos, trabalhadores de saúde, residentes em instituições de longa permanência e seus trabalhadores, pessoas com comorbidades, pessoas privadas de liberdade, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens cumprindo medidas socioeducativas e pessoas em situação de rua.

Continuidade da vacinação infantil

A vacinação das crianças de seis meses a 4 anos com a Pfizer baby continua normalmente, assim como para crianças de 5 a 11 anos. A aplicação da vacina contra a Covid-19 para essas faixas etárias ocorrerá em dias específicos e unidades de saúde selecionadas. Nas segundas-feiras, das 9h às 18h, na Unidade de Saúde da Família (USF) Barroco; nas terças-feiras, das 9h às 18h, na USF Inoã 2; nas quintas-feiras, das 9h às 16h, na USF Elenir Umbelino de Mello (Flamengo); e nas sextas-feiras, das 9h às 16h, na USF Bambuí.

É essencial ressaltar que a vacinação é uma medida preventiva fundamental no combate à Covid-19. É importante que todas as faixas etárias e grupos prioritários estejam imunizados para reduzir o impacto da doença e proteger a comunidade como um todo.

Fonte: Guia Região dos Lagos

Imagem 1: Vacinação contra a Covid-19

Legenda: Vacinação contra a Covid-19

Imagem 2: Prefeitura de Maricá

Prefeitura de Maricá

Legenda: Prefeitura de Maricá

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]