Iguaba Grande: Inscrições abertas para alunos da rede municipal no projeto Iguadance em Iguaba Grande

Projeto Iguadance abre inscrições para alunos da rede pública municipal em Iguaba Grande

Prefeitura de Iguaba Grande abre inscrições para Projeto Iguadance – Dança Inclusiva

A Prefeitura de , através da Secretaria de Educação, está com inscrições abertas para o Projeto Iguadance – Dança Inclusiva. As aulas, ministradas pelo professor Allan Lobato, terão início no dia 21 de março, na sede da E. M. Maria Lúcia.

O objetivo do projeto é contribuir para o desenvolvimento físico, intelectual, emocional e social de crianças e jovens com deficiência. Além disso, busca superar o preconceito social fortalecendo a autoestima, potencializando suas capacidades e experiências.

De acordo com o Secretário de Educação, Jales Lins, o projeto tem sido um grande sucesso desde o seu lançamento. “Quando iniciamos o projeto, já sabíamos de sua importância, mas fomos além. Graças ao belíssimo trabalho do professor Allan Lobato, conseguimos levar o Iguadance para fora do município. Nossos alunos foram destaque em matérias de televisão e em espetáculos musicais. Provamos que uma pessoa com deficiência consegue, sim, dançar como qualquer outra. Todos são capazes, o limite é apenas a mente”.

Os pais ou responsáveis interessados em inscrever os filhos nas aulas de dança podem realizar a inscrição na Secretaria de Educação, junto ao Setor de Inclusão, no horário das 9h às 16h. Para efetuar a matrícula, é necessário apresentar os seguintes documentos: Identidade ou certidão de nascimento do aluno, CPF e identidade do responsável, declaração de escolaridade. As vagas são limitadas, e a matrícula deve ser realizada até o dia 15 de março.

A listagem final das turmas estará disponível nas redes sociais oficiais da Prefeitura de , a partir do dia 18 de março.

A importância da dança inclusiva

A dança tem o poder de transformar vidas, e isso fica ainda mais evidente quando falamos da dança inclusiva. Essa modalidade permite que pessoas com deficiência tenham a oportunidade de expressar suas emoções, desenvolver sua criatividade e se socializar por meio da arte.

É fundamental que a sociedade esteja aberta e preparada para receber a dança inclusiva, promovendo um ambiente acolhedor e respeitoso. Através dessa prática, é possível quebrar barreiras e preconceitos, mostrando que todos são capazes de expressar sua arte, independentemente das suas limitações.

Além disso, a dança inclusiva traz benefícios para o desenvolvimento físico e emocional dos participantes. Ela contribui para o fortalecimento dos músculos, melhora da coordenação motora, ampliação da consciência corporal e estimulação da criatividade. Além disso, a dança é uma atividade prazerosa, que proporciona bem-estar e eleva a autoestima.

Projeto Iguadance: um sucesso que se expande

O projeto Iguadance teve início em 2022, e desde então tem conquistado reconhecimento e destaque. Sob a coordenação do professor Allan Lobato, o projeto alcançou resultados incríveis, levando a dança inclusiva além dos limites do município de Iguaba Grande.

Os alunos do projeto já foram protagonistas em matérias de televisão e se apresentaram em espetáculos musicais, mostrando ao mundo que pessoas com deficiência são capazes de dançar e expressar sua arte da mesma forma que qualquer outra pessoa.

O professor Allan Lobato, com sua dedicação e expertise na área, tem proporcionado aos alunos do Iguadance muito mais do que aulas de dança. Ele também tem sido um grande mentor, inspirando e incentivando cada um a descobrir e potencializar seu talento artístico.

Inscrições para o Projeto Iguadance

Os pais ou responsáveis interessados em inscrever seus filhos no Projeto Iguadance – Dança Inclusiva podem realizar a inscrição na Secretaria de Educação, no Setor de Inclusão, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h. É importante se atentar ao prazo de matrícula, que se encerra no dia 15 de março.

Para efetuar a matrícula, é necessário apresentar a seguinte documentação:

– Identidade ou certidão de nascimento do aluno;
– CPF e identidade do responsável;
– Declaração de escolaridade.

As vagas são limitadas, portanto, é recomendado realizar a matrícula o quanto antes para garantir a participação no projeto.

Resultados do Projeto Iguadance

O sucesso do Projeto Iguadance pode ser comprovado pelos resultados alcançados pelos alunos ao longo dos anos. Além de ganharem destaque na mídia local e participarem de espetáculos musicais, os alunos têm vivenciado uma transformação pessoal ao ingressarem no mundo da dança inclusiva.

Através do Iguadance, essas crianças e jovens têm encontrado uma forma de expressão e de superação. Eles desenvolvem habilidades motoras, ampliam sua autoconfiança, estabelecem amizades e descobrem novas possibilidades em suas vidas.

O projeto tem sido um impulsionador do potencial artístico e criativo desses alunos, quebrando barreiras e preconceitos. O professor Allan Lobato tem desempenhado um papel fundamental nesse processo, proporcionando apoio, orientação e inspiração aos participantes.

A importância da inclusão na sociedade

A inclusão é um princípio fundamental para uma sociedade mais justa e igualitária. Quando falamos de inclusão de pessoas com deficiência, é necessário ir além de simplesmente garantir acesso físico aos espaços.

A verdadeira inclusão envolve promover a igualdade de oportunidades, respeitar as diferenças e garantir que todos sejam tratados com dignidade e respeito.

A dança inclusiva é uma forma de promover a inclusão social, permitindo que pessoas com deficiência sejam vistas e reconhecidas pelo seu talento e potencial. Essa modalidade artística possibilita a expressão e o desenvolvimento pessoal, além de estimular a aceitação e a valorização da diversidade.

Considerações finais

O Projeto Iguadance – Dança Inclusiva é uma iniciativa louvável da Prefeitura de Iguaba Grande e da Secretaria de Educação. Através dessa proposta, crianças e jovens com deficiência têm a oportunidade de explorar seu talento artístico, desenvolver suas habilidades e serem reconhecidos pela sua arte.

A dança inclusiva tem o poder de transformar vidas, promovendo a inclusão social e fortalecendo a autoestima dos participantes. É imprescindível que a sociedade esteja aberta e preparada para receber essa modalidade, garantindo um ambiente acolhedor e respeitoso.

Que o Projeto Iguadance continue crescendo e alcançando cada vez mais pessoas, mostrando que a dança é para todos, independentemente das suas habilidades ou limitações. Através desse projeto, é possível promover a igualdade e a valorização da diversidade, construindo uma sociedade mais inclusiva e justa.

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Picture of Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]