Fiscalização das construções em área perigosa feita pela Defesa Civil em Búzios

Jornal de Sábado

Búzios: Defesa Civil fiscaliza construções irregulares em área de risco

A Defesa Civil de Búzios, em conjunto com a Secretaria de Obras, realizou uma análise minuciosa das construções irregulares localizadas na rua João Batista, em José Gonçalves. Essa ação foi desencadeada após uma solicitação do Ministério Público, devido à presença de moradias construídas em área de risco. A Secretaria de Obras está elaborando um laudo técnico para avaliar a situação das edificações.

De acordo com Flávio Salme, Coordenador da Defesa Civil de Búzios, as residências representam um sério risco devido à falta de estruturas adequadas de contenção de encostas. “Essas construções não possuem muros de contenção, colocando em perigo não apenas os moradores diretos, mas também outras residências localizadas abaixo”, afirmou Salme.

A Defesa Civil está monitorando de perto a situação e mantendo constante comunicação com as autoridades competentes, visando garantir a segurança dos residentes e a preservação ambiental da área em questão.

Comprometimento com a segurança dos moradores

A Defesa Civil de Búzios reafirma seu compromisso em proteger a população, agindo de forma proativa para evitar acidentes e garantir a segurança de todos. A identificação e fiscalização de construções irregulares em áreas de risco são essenciais para prevenir possíveis deslizamentos de terra e desabamentos.

O monitoramento e análise da situação são fundamentais para que sejam tomadas as medidas adequadas e corretivas. A elaboração do laudo técnico pela Secretaria de Obras é de extrema importância para traçar um panorama detalhado da situação e subsidiar futuras ações de prevenção.

Preservação ambiental

Além da preocupação com a segurança dos moradores, a Defesa Civil de Búzios também está atenta à preservação ambiental. A ocupação irregular de áreas de risco pode causar danos irreparáveis ao meio ambiente, comprometendo as belezas naturais da região.

Por essa razão, a atuação conjunta da Defesa Civil com a Secretaria de Obras é essencial para encontrar soluções que protejam tanto a população quanto o meio ambiente. A elaboração do laudo técnico permitirá identificar quais medidas devem ser adotadas para promover a regularização das construções e a preservação ambiental.

Conscientização da população

É fundamental que a população esteja consciente dos riscos envolvidos na construção de residências em áreas de risco. A falta de estruturas adequadas de contenção de encostas pode colocar em perigo não apenas os moradores diretos, mas também os vizinhos e outras pessoas que vivem nas proximidades.

Portanto, é importante que todos estejam cientes da importância de seguir as diretrizes estabelecidas pelos órgãos competentes, evitando a ocupação irregular de áreas de risco. A prevenção é a melhor forma de garantir a segurança de todos e preservar o meio ambiente.

Nova análise técnica para garantir a segurança e a regularização das construções

A Secretaria de Obras está empenhada em realizar uma análise técnica detalhada das construções irregulares identificadas na rua João Batista. Esse estudo permitirá uma avaliação precisa das condições estruturais das edificações e a definição de estratégias para regularização das construções.

O laudo técnico será elaborado por profissionais especializados, que utilizarão métodos e técnicas apropriadas para avaliar o risco das construções. Com base nesses resultados, serão propostas as medidas corretivas necessárias para garantir a segurança dos moradores e a regularização das residências.

É importante ressaltar que a regularização das construções irregulares não implica apenas na adequação estrutural, mas também no cumprimento das normas ambientais e de segurança. Dessa forma, busca-se um equilíbrio entre a segurança dos moradores e a preservação ambiental.

A importância da atuação conjunta para resolver o problema

A atuação conjunta da Defesa Civil e da Secretaria de Obras é fundamental para resolver o problema das construções irregulares em áreas de risco. Somente por meio da cooperação entre esses órgãos é possível identificar as irregularidades, tomar as medidas necessárias e garantir a segurança da população.

Além disso, é necessário que a população também desempenhe um papel ativo nesse processo, denunciando construções irregulares e evitando ocupar áreas de risco. A conscientização e a educação são essenciais para solucionar o problema de forma efetiva e sustentável.

Portanto, a Defesa Civil de Búzios reitera seu compromisso em monitorar de perto a situação das construções irregulares em áreas de risco e tomar as medidas necessárias para garantir a segurança dos moradores e a preservação ambiental. A atuação conjunta com a Secretaria de Obras e a participação da população são fundamentais para resolver esse problema e promover um ambiente seguro e saudável para todos.


Fonte: Guia Região dos Lagos

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Picture of Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]