Equipe Maria da Penha de segurança em São Pedro participa de encontro sobre SerH

Patrulha Maria da Penha aldeense participa de evento sobre Serviço de Educação e Responsabilização do Homem (SerH) 

Iniciativa do Governo do Estado busca combater a violência contra a mulher

A Guarda Civil Municipal de , por meio da Patrulha Maria da Penha, participou de uma capacitação realizada no município de Arraial do Cabo, como parte de um conjunto de ações integradas promovidas pelo Governo do Estado para fortalecer as políticas voltadas para as mulheres na Região da Baixada Litorânea. O evento contou com representantes das cidades da Região dos Lagos e teve como foco o Serviço de Educação e Responsabilização do Homem (SerH).

Capacitação para enfrentar a violência contra a mulher

O evento teve como objetivo reunir dados, informações e capacitações técnicas para desenvolver políticas públicas de combate à violência contra a mulher. A coordenadora da Patrulha Maria da Penha de , Rosana Andrade, destacou a importância da capacitação para os agentes da guarda: “Essa capacitação é muito importante para nosso município. Mesmo que ainda não tenhamos aderido ao programa SerH, as informações fornecidas serão essenciais para as palestras e orientações que realizamos frequentemente”, ressaltou.

Além dos agentes da Patrulha Maria da Penha de São Pedro da Aldeia, estiveram presentes representantes das patrulhas dos municípios de Arraial do Cabo, Cabo Frio e Búzios. A coordenadora da Saúde Mental de São Pedro da Aldeia, Rosemary Calazans Cypriano, também participou do encontro com o objetivo de contribuir para a formulação de políticas eficazes.

Programa SerH: uma iniciativa para interromper o ciclo de violência

O programa SerH, desenvolvido pela Secretaria de Estado da Mulher, tem como objetivo implementar ações educativas e preventivas nos municípios da região. Uma das ações destacadas no encontro foi a inclusão de grupos de sensibilização com homens que cumprem pena, buscando conscientizá-los sobre a violência doméstica e suas consequências. Além disso, gestores municipais foram capacitados para liderar a execução do serviço, formando multiplicadores da iniciativa.

A violência contra a mulher é um problema grave que afeta toda a sociedade. Por isso, é fundamental investir em políticas públicas e capacitações para combater esse ciclo de violência. A Patrulha Maria da Penha desempenha um papel fundamental nesse contexto, atuando na proteção e assistência às mulheres vítimas de agressão. Através dessas ações integradas, é possível fortalecer o enfrentamento à violência de gênero e proporcionar um ambiente mais seguro e igualitário para as mulheres da Região dos Lagos.

Imagens:

As imagens abaixo retratam a capacitação realizada no município de Arraial do Cabo:

1. [imagem 1]:

2. [imagem 2]: Capacitação para combate à violência contra a mulher

3. [imagem 3]: Capacitação para combate à violência contra a mulher

4. [imagem 4]: Capacitação para combate à violência contra a mulher

5. [imagem 5]: Capacitação para combate à violência contra a mulher

Créditos das imagens: [nome ou link do site de origem das imagens]

A importância da capacitação no combate à violência contra a mulher

A capacitação dos agentes da Patrulha Maria da Penha é de extrema importância para a efetividade das ações de enfrentamento à violência contra a mulher. Esses profissionais são responsáveis por atuar diretamente no atendimento e acompanhamento das vítimas, garantindo sua proteção e segurança. Portanto, é fundamental que estejam sempre atualizados e capacitados para lidar com as diferentes situações que envolvem a violência doméstica.

O programa SerH, abordado durante a capacitação, é uma iniciativa que busca não apenas punir o agressor, mas também promover a educação e a responsabilização do homem, visando a prevenção e a interrupção do ciclo de violência. A inclusão de homens que cumprem pena nesse processo é estratégica, pois permite oferecer a eles a oportunidade de refletir sobre suas ações e mudar comportamentos violentos.

Além disso, a capacitação dos gestores municipais é essencial para que possam liderar a implementação do programa SerH em seus municípios. Dessa forma, eles se tornam multiplicadores das ações, difundindo o conhecimento e promovendo a conscientização sobre a importância de combater a violência contra a mulher.

Conclusão

A capacitação dos agentes da Patrulha Maria da Penha de São Pedro da Aldeia é uma importante iniciativa do Governo do Estado para fortalecer as políticas públicas de combate à violência contra a mulher. Por meio do programa SerH, busca-se educar e responsabilizar os homens, interrompendo o ciclo de violência e promovendo uma cultura de respeito e igualdade de gênero.

É fundamental que as instituições e os profissionais envolvidos nesse trabalho estejam sempre atualizados e capacitados, para garantir um atendimento adequado e eficiente às vítimas de violência doméstica. O enfrentamento à violência contra a mulher deve ser uma prioridade em nossa sociedade, e iniciativas como essa contribuem para criar um ambiente mais seguro e justo para as mulheres.

[Informações sobre a autoria do texto original]

Ajude-nos e avalie esta notícia.
Bruno Rodrigo Souza

Bruno Rodrigo Souza

Bruno é Fundador e Editor no Guia Região dos Lagos

Use os botões abaixo para compartilhar este conteúdo:

Facebook
Twitter
Telegram
WhatsApp
[wilcity_before_footer_shortcode]